Absa Cargo lança rota para Argentina com Boeing 777 Cargueiro da Lan Cargo

107

A companhia, que já oferece ao mercado nacional uma extensa e variada malha de destinos para quatro continentes, lançou, neste mês de junho, mais uma rota, Viracopos-Ezeiza-Santiago com voos diretos para a Argentina, facilitando o comércio com aquele país, importante parceiro comercial do Brasil. Serão inicialmente dois voos semanais, às segundas e quintas-feiras, partindo do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), mas a expectativa da direção da ABSA Cargo é aumentar o número de frequências para três ainda no segundo semestre do ano.

A principal novidade é que essa rota será operada com um B777F, cargueiro da nova geração, moderno, projetado para ter maior capacidade, eficiência e autonomia de voo em sua categoria no mundo, ‘um up grade para o transporte de carga área no Brasil’, conforme comenta o diretor Executivo da empresa, Pablo Navarrete. “Com essa nova rota, estamos oferecendo ao mercado um novo destino (Argentina) com uma aeronave capaz de transportar até 106 toneladas e, ao mesmo tempo, duplicando a oferta para Santiago, atualmente operada com nossos B767-300F, que têm capacidade para carregar até 57 toneladas de carga”, assinalou. A expectativa da companhia, bastante positiva, é operar com carga máxima. “Esperamos lotar a aeronave nos dois destinos”, afirma o diretor.

O Boeing 777F que vai operar nessa rota é o primeiro, de um conjunto de quatro, recebidos pela LAN Cargo, parceira da ABSA na aliança estratégica que empresa brasileira integra junto com a MAS Air (México). Essa aliança operacional, que garante à ABSA ser o agente de vendas exclusivo das duas empresas no Brasil e contar com o apoio operacional de ambas nos destinos internacionais de suas aeronaves próprias, permite à companhia de carga brasileira trabalhar com uma das mais extensas malhas disponíveis pelas empresas de transporte de carga do mercado, cobrindo destinos variados.

Expansão – A ABSA Cargo Airline aposta que o novo percurso, operando com um cargueiro com uma autonomia de até 11 horas de voo, pode contribuir para sua expansão no setor, além de garantir à companhia maior diversidade em sua malha aérea e mais suporte a seus clientes, preocupação constante na empresa, que objetiva garantir, sempre, os melhores serviços a quem confia, a ela, suas cargas. A nova rota deverá beneficiar o transporte de produtos de alto valor agregado, além de equipamentos eletrônicos, válvulas, autopartes e calçados entre outros.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP