Aerosur aumenta para cinco o número de vôos semanais entre São Paulo e Santa Cruz de la Sierra

190

Desde o início do mês, a Aerosur, companhia aérea boliviana, passou a oferecer cinco freqüências semanais entre São Paulo e Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Quando começaram as operações para o Brasil, em novembro de 2002, eram três vôos por semana. “O aumento no número de vôos é uma resposta da Aerosur à demanda do mercado brasileiro”, disse Guido Reis, gerente regional da companhia.
A aeronave utilizada na rota é um Boeing 737-200 e os vôos partem do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, às segundas, quartas,
quintas, sextas e domingos. E, da Bolívia para o Brasil, às terças, quartas, quintas, sábados e domingos.
Fundada há 12 anos, a Aerosur é líder em volume de passageiros transportados em vôos domésticos na Bolívia nos últimos três anos. Em
2003, foram transportados 650 mil passageiros, somando os vôos domésticos e internacionais. Além de São Paulo, a Aerosur tem vôos
internacionais regulares, saindo de Santa Cruz de la Sierra, para Buenos Aires, na Argentina. E mais vôos domésticos ligando as oito principais
cidades bolivianas (La Paz, Cochabamba, Santa Cruz, Sucre, Tarija, Trinidad, Cobija e Puerto Suarez). Em breve, vai voar para Lima, no
Peru, Madri, na Espanha, e Miami, nos Estados Unidos.
O Boeing 737-200, que opera a rota São Paulo – Santa Cruz de la Sierra, transporta até 108 passageiros, com 12 na classe executiva e 96 na
econômica. Na rota internacional para o Brasil o tempo de vôo é de duas horas e meia. A passagem aérea ida e volta em classe econômica custa US$ 423 para embarque de 15 de junho a 31 de julho. A partir de 1.° agosto até 10 de dezembro o preço cai para US$ 373.

FONTE: Aerosur – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP