Air France terá mais 6 vôos semanais no Rio

127

A Air France acaba de anunciar que, a partir de novembro de 2007, sua oferta no Rio de Janeiro aumentará de sete para 13 freqüências semanais e diretas para Paris. Os vôos já estão disponíveis para reserva e serão operados às segundas, terças, quintas, sextas, sábados e domingos. A aeronave utilizada será o A330-200, cuja configuração conta com 40 assentos na L’Espace Affaires (Executiva) e 179 na Tempo (Econômica).

“Por termos sempre acreditado e investido no potencial da Cidade Maravilhosa como destino turístico, oferecendo um produto totalmente voltado às necessidades de nossos clientes, com preços competitivos, é natural que tenhamos detectado demanda para esse aumento de freqüências que acabamos de anunciar”, declarou Isabelle Birem, diretora geral do Grupo AIR FRANCE KLM no Brasil.

O Rio de Janeiro é hoje servido diariamente, em vôo direto para Paris, com o maior avião comercial em operação no mundo, o Boeing 747-400, de 433 assentos, que primeiro recebeu na América Latina o novo conceito de conforto e sofisticação da Air France, os NEV (Nouveaux Espace de Voyage). “O Rio é um destino histórico da Air France, onde operamos ininterruptamente há mais de 50 anos. A ocupação média desse vôo tem sido de 90% já há vários meses”, completou Isabelle Birem.

O anúncio coincide com a divulgação do aumento de 5,4% da oferta mundial do Grupo AIR FRANCE KLM para a temporada de verão no Hemisfério Norte, que vai de 25 de março a 27 de outubro. Por regiões, os aumentos mais significativos se darão na América Latina (+11,4%), América do Norte (+10,1%), Ásia (+7,3%) e África (+3,1%).

Na América Latina, destaque para o recente aumento da oferta em São Paulo, que desde janeiro conta com dois vôos diários e diretos da Air France para Paris. Santiago passou a ter mais três vôos por semana via Buenos Aires, além de três vôos semanais diretos para Paris, com Air France. A KLM operará seis vôos por semana entre Lima e Amsterdã e adicionará a sexta freqüência semanal para Quito e Guayaquil.

Para a Ásia, a oferta será elevada em 7,2%. Juntas, Air France e KLM oferecem 69 vôos semanais para a China, mais do que qualquer outro grupo aéreo europeu. A Air France aumentou para 12 por semana o número de vôos para Xangai e 13 por semana para Hong Kong. O horário dos vôos para Guangzhou (Cantão) será mudado no meio de junho, para que os passageiros possam se beneficiar dos vôos noturnos que saem de Paris e de Guangzhou. Já a KLM aumentará para 34 o número de vôos semanais para a China, incluindo sete vôos em code share com a China Southern entre Amsterdã e Pequim-Guangzhou. Esta é a terceira temporada seguida em que a KLM aumenta suas freqüências para a China. Na Índia, desde a temporada de inverno, a Air France tem voado diariamente para Bangalore com A330-200, e para Chennai (Madras) três vezes por semana com A340-300. A KLM passará de quatro para cinco os vôos semanais para Hyderabad.

O número de freqüências da Air France, da KLM e de sua parceira Northwest para a Índia será de 43 por semana, servindo as cidades de Delhi, Mumbai, Hyderabad, Bangalore e Chennai.

A oferta da Air France para a América do Norte aumentará 7,7%, sendo o principal destaque o lançamento do vôo Paris-Seattle, diário, com A330-200 da Air France. Inicia-se também a sexta freqüência diária Paris-Nova York (JFK), com partida às 21h, para atender executivos que saem de outros aeroportos europeus no final da tarde. O vôo de volta será diurno, chegando a Paris no começo da noite, possibilitando conexões noturnas para a África e para a Ásia. A reorganização dos vôos para o Taiti permitirá à Air France oferecer três vôos diurnos entre Paris e Los Angeles (de um total de 20 vôos por semana) e quatro vôos semanais com A340-300 entre Los Angeles e o Taiti, conectando com vôos de e para Paris. Vôos da Air France para Toronto, Atlanta e Boston terão a oferta de assentos aumentada, pois serão operados com B747-400.

Graças à bem-sucedida joint-venture transatlântica entre a KLM e a Northwest, a oferta da KLM entre Europa e América do Norte aumentará em 15,2%. Os principais aumentos se darão entre Amsterdã e as cidades norte-americanas de Hartford, Detroit, Boston, Los Angeles, San Francisco e Toronto.

Na França, a Air France vai aumentar a oferta de assentos da ponte aérea La Navette entre Paris-Orly e Toulouse, utilizando a aeronave A321 durante os horários de maior movimento no início da manhã e no fim da tarde. A rota Paris-CDG para Bordeaux ganhará a sexta freqüência diária, o que facilitará conexões com vôos de longa distância. Na Europa, a KLM, por sua vez, aumentará suas freqüências diárias de Amsterdã para Barcelona, Moscou, Stavanger e Tallinn.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP