Avião Brasília da Rico Linhas Aéreas cai em Manaus

175

Familiares dos 30 passageiros e três tripulantes do vôo 4815 viveram uma noite de agonia ontem no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes procurando verificar se havia sobreviventes no avião Brasília da Rico Linhas Aéreas que caiu a pouco mais de 20 quilômetros de Manaus. O aparelho, de prefixo PT-WRO, cobria rota São Paulo de Olivença, com escalas em Tabatinga e Tefé e deixou de fazer contato com o sistema de controle de vôos por volta das 18h20 quando sobrevoava o rio Negro. As operações de busca foram dificultadas pela escuridão dominante na região mas até o fechamento da edição tudo indicava que havia sobreviventes em razão dos pontos de luz avistados pelos helicópteros. Até mesmo uma unidade do Exército, com experiência em operações na selva, foi acionado para tentar chegar ao avião. A queda foi confirmada pela empresa aos primeiros minutos de hoje. Antes, admitia-se a possibilidade de um pouso forçado contando com a experiência do piloto Rui Cléber.

FONTE: Amazonas em Tempo – Aviação Brasil – Manaus/AM