BHS Helicópteros presenteia passageiros com bolsas artesanais

167

A BHS Helicópteros, uma das maiores operadoras do país, encontrou uma forma de colaborar com um grupo de mães ex-usuárias de drogas que vivem no Capão Redondo, uma das áreas mais carentes de São Paulo. Desde fevereiro, a empresa vem comprando bolsas artesanais fabricadas pelo Movimento de Mulheres do Jardim Comercial e Adjacências, que produz materiais decorados com motivos relacionados a helicópteros e à própria companhia.

“Além de ajudar uma entidade que promove a reintegração de ex-usuárias de drogas à sociedade, presenteamos nossos clientes com uma forma de artesanato bastante original”, explica o presidente da BHS, Luiz Fernando Paiva.

A BHS vem realizando ainda uma série de outras ações sociais em São Paulo e em Macaé, no Rio de Janeiro, onde mantém uma base de operação. No Rio, por exemplo, uma parceria com a Infraero permite que grupos de crianças conheçam um hangar e participem mensalmente do Programa “Segurança de Vôo vai à Escola”, no qual os alunos de escolas da região conhecem os helicópteros de perto e recebem diversas informações sobre como podem ajudar na segurança de vôo. “Eles ficam sabendo dos riscos de empinar pipas, soltar balões ou jogar lixo nas imediações do aerporto”, explica o presidente.

FONTE: Aviação Brasil / BHS – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP