Boeing Reduz Pela Metade o Tempo de Montagem Final do 737

152

O Boeing 737 Next Generation está fazendo história com a utilização de técnicas de fabricação que reduzem o tempo necessário para a montagem final de qualquer jato comercial.

O 737, o jato comercial mais popular do mundo, é agora montado em apenas 11 dias em Renton, Washington. As chamadas lean techniques permitiram uma redução de 50% desde que foram introduzidas, no final de 1999.

“Velocidade é apenas um aspecto deste feito notável”, declarou Carolyn Corvi, vice-presidente e diretora-geral dos Programas 737/757. “Com as mudanças nas condições de mercado das linhas aéreas, um menor tempo de montagem possibilita decisões a respeito de configuração de interiores e sistemas mais próximos da entrega. Isto é um grande benefício para as companhias.”

“Não iremos parar com uma redução de 50%, mas a melhora do nosso sistema de produção não significa apenas fazer as coisas mais rapidamente. Tem a ver com fazer as coisas de forma melhor, sempre aprimorando a qualidade de nossos produtos e os processos que usamos para projetá-las e construí-las”, disse Carolyn.

Além de diminuir o tempo de montagem, o programa 737 reduziu o inventário do chamado work-in-process em 55% e o stored inventory em 59%.

A linha de produção móvel do programa é o maior símbolo da melhoria trazida para a fábrica. A linha move produtos de uma equipe de montagem para a outra em um ritmo de duas polegadas por minuto. Outras técnicas utilizadas pela Boeing incluem sistemas de entregas, plataformas de instrumentos e kits, processos padronizados de trabalho e sistemas de controle visual.

As chamadas lean techniques, que a Boeing está aplicando em outras linhas de montagem, possibilitam um fluxo estável de produção, aprimorando a qualidade e a eficiência dos processos de produção.

FONTE: Aviação Brasil / Boeing – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP