Boeing e Aviation Capital Group anunciam pedido de 20 novos aviões

201

A Boeing e Aviation Capital Group – ACG anunciaram hoje o leasing de 15 novos 737s Next-Generation e cinco 787s Dreamliner.

O pedido, avaliado em aproximadamente US$1,6 bilhão, estava atribuído a um cliente não identificado na lista de pedidos e entregas no website da Boeing.

“Estamos muito orgulhosos por acrescentar o 787 Dreamliner ao nosso portfólio. Esta aeronave representa um passo muito significante em direção às operações com aeronaves de médio porte”, disse R. Stephen Hannahs, diretor do grupo e CEO do ACG. “E, é claro, o 737 Next-Generation continua a ter o melhor desempenho do mercado, mantendo-se como excelente opção para operações de leasing”, conclui Hannahs.

A frota atual do ACG é composta por 138 aeronaves Boeing, nela estão incluídos 737s, 737s clássicos, 757s e 767s.

Com o anúncio de hoje, o ACG tem uma reserva de 52 pedidos à Boeing. Em dezembro de 2006, o ACG anunciou que assumiria a posição que antes pertencera a Delta Airlines na ordem de espera por suas 15 unidades de 737 Next-Generation. Em julho de 2006, o ACG fez o pedido de 14 unidades de 737s Next-Generation e anunciou a aquisição de outros seis 737s adicionais da Aeromexico, com o acordo simultâneo de leasing para a própria companhia aérea.

“A Boeing está orgulhosa pela parceria com o ACG, com o papel importante que o 737 tem desempenhado no crescimento de sua frota e participação no mercado”, declarou John Feren, vice-presidente de vendas, leasing & gerenciamento de recursos da Boeing Commercial Airplanes. “Com o endosso do 787 Dreamliner, o ACG expande o tamanho de sua frota e traz às companhias aéreas-clientes o que há de mais moderno em tecnologia, a maior eficiência no uso de combustível e o menor custo operacional”, conclui Feren.

A família 737 Next-Generation é a de tecnologia mais avançada presente no mercado de aviões de um corredor. Seu sucesso é confirmado pelos investidores, que consistentemente o elegem como avião preferido dentre todos os similares disponíveis, pois opera com o menor custo. Até 31 de março deste ano, 104 clientes haviam comprado 3.734 unidades de 737s Next-Generation. Os pedidos deste modelo ultrapassam as 1.500 unidades, totalizando mais de US$ 100 bilhões, em preços atuais.

Graças a sua avançada tecnologia, o 787 Dreamliner utilizará 20% menos combustível que os similares em operação e oferecerá às companhias aéreas 45% mais capacidade de carga. No ambiente interior, o 787 trará aos passageiros inovações como a alta umidade de cabine, corredores mais largos, janelas maiores, entre outras conveniências. Desde o seu lançamento, em abril de 2004, 44 clientes fizeram 544 pedidos do 787 Dreamliner.

Uma das cinco maiores empresas de leasing de aviões, a Aviation Capital Group, é também proprietária e responsável por gerir uma diversificada frota de jatos comerciais em poder das maiores companhias aéreas do mundo. Este portfólio inclui mais de 200 aviões em regime de leasing com 95 companhias aéreas em 43 países. O Capital Markets Group, pertencente ao ACG, garante o serviço de gerenciamento e comercialização das aeronaves aos investidores e clientes institucionais. O ACG foi fundado em 1989 e é o subsidiário exclusivo da Pacif LifeCorp.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP