Embraer emite comunicado sobre o cancelamento do programa ACS

222

Uma equipe liderada pela Lockheed Martin, da qual a Embraer participa, tem trabalhado no sentido de oferecer a melhor solução total aos requisitos da nova geração do sistema de vigilância de campo de batalha para o Exército dos EUA, conhecido como Aerial Common Sensor (ACS).

Embora o ERJ 145, originalmente selecionado como plataforma, atendesse todos os requisitos à época da concessão do contrato, questões ligadas ao peso, potência e refrigeração foram identificadas durante as atividades iniciais de desenvolvimento do sistema, indicando necessidade de mudança para uma plataforma maior.

Ainda que a Embraer esteja desapontada com o curso dos acontecimentos, após haver vencido a concorrência inicial, permanecemos extremamente confiantes na capacidade de nossa linha de produtos em atender plenamente as necessidades do cliente. Pretendemos buscar oportunidades com o governo dos Estados Unidos com a mesma determinação e espírito de cooperação que tem caracterizado nossas atividades até hoje.

A Embraer continua a considerar o Cecil Commerce Center, em Jacksonville, Florida, como o local escolhido para suas iniciativas de defesa na América do Norte. Entretanto, devido ao fato de nossa capacidade em ocupar a instalação e provê-la de funcionários depender de contratos, os planos da Embraer para a montagem de aeronaves em Jacksonville, conforme anunciado em junho de 2003, ficam suspensos.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP