Forças Aéreas do Brasil e da Colômbia realizam exercício inédito na região amazônica

92

As Forças Aéreas Brasileira e da Colômbia realizam, no período de 22 a 27 de maio de 2005, na cidade de São Gabriel da Cachoeira (AM), um exercício inédito de defesa aérea na região amazônica, denominado Operação COLBRA I. Na oportunidade, inclusive, a aeronave brasileira A-29 Super Tucano (EMBRAER), concebida para o Projeto SIVAM, será empregada pela primeira vez como aeronave de interceptação em um exercício aéreo.

O objetivo da operação é treinar pilotos e controladores de vôo, brasileiros e colombianos, de forma a consolidar procedimentos para combater o tráfego aéreo ilícito na região. O evento ocorre sob a coordenação do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA) e do Centro de Comando e Controle de Operações Aéreas da Força Aérea Colombiana (CCOFA).

Na manobra, aeronaves-alvo militares, simulando tráfegos ilícitos, cruzarão a linha de fronteira entre Brasil e Colômbia, nos dois sentidos. Para localizá-los, serão utilizados radares e aeronaves de interceptação de ambos os países, ocasião em que deverão ser adotadas as Medidas de Policiamento do Espaço Aéreo previstas.

Outro fato que chama atenção é que a Operação COLBRA I será a primeira a utilizar instalações do Destacamento de Aeronáutica de São Gabriel da Cachoeira (DASG), a ser inaugurado pela Força Aérea Brasileira no dia 23 de maio para servir de base de apoio a operações aéreas na região amazônica, na área conhecida como “Cabeça do Cachorro”.

FONTE: Aviação Brasil / FAB – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP