Regional Centro-leste é criada com base em crescimento de passageiros

240

Ao dar posse a Elvino Ney Taques como superintendente da recém-criada regional Centro-leste, na segunda-feira 10/01, o presidente Carlos Wilson Campos afirmou que este é um ato de justiça que se faz à Bahia. O Aeroporto Internacional de Salvador foi o que mais cresceu no último ano: de 3,4 milhões de passageiros em 2003 para 4,1 milhões em 2004, totalizando 20%. No setor internacional, houve um aumento de 108% no número de turistas. Em 2003, o Aeroporto Internacional de Salvador registrou a chegada de 135 mil turistas estrangeiros, e em 2004 este número subiu para 280 mil.

A importância econômica do Estado da Bahia e o aumento do movimento de passageiros no Aeroporto Internacional de Salvador foram aspectos que influenciaram na criação da nova regional. Esta nova unidade administrativa da Infraero foi desmembrada da regional Nordeste, que estava sobrecarregada com a administração de 13 aeroportos. Com a mudança, o Aeroporto de Salvador passa a administrar os aeroportos de Aracaju, Ilhéus e Paulo Afonso, além dos Grupamentos de Navegação Aérea de Bom Jesus da Lapa, Caravelas e Vitória da Conquista, e as Unidades de Técnicas de Navegação de Alagoinhas, Barreiras e Cimbra.

No ato de posse, o presidente Carlos Wilson elogiou a qualidade do corpo técnico da Infraero. “Esta é uma empresa que está marcada nos 27 estados brasileiros, nos seus 9.500 funcionários”. Carlos Wilson também sugeriu ao novo superintendente que o terminal de cargas de Salvador seja aumentado, já que é um dos que mais cresce no país. A receita comercial de 2004 foi 28% maior do que a de 2003 (até o mês de novembro). Além disso, grandes empresas como a Petrobrás, a Ford e a GM utilizam este terminal de carga. Em 2004, ficou consolidada a exportação de frutas para Europa, Canadá e Estados Unidos.

O superintendente Elvino Ney Taques ingressou na Infraero em 1975, como fiscal de pátio. Passou por vários cargos e exerceu a função de superintendente nos aeroportos de Rio Branco e Cuiabá. Em Salvador, é superintendente desde janeiro de 1999, quando se iniciava a implantação do projeto da infra-estrutura do novo Aeroporto Internacional de Salvador, inaugurado no dia 02 de setembro 2002.

Estavam presentes à solenidade o diretor administrativo da Infraero, Adelmar Sabino, e o diretor comercial, Fernando Almeida. O Governo da Bahia estava representado pelo vice-governador, Eraldo Tinhoco.

FONTE: Aviação Brasil / Infraero – Assessoria de Imprensa – Brasília/DF