TAM – o preço de ser grande

283

Com base em dados de fontes oficias, o site Aviação Brasil apurou os resultados de diversas empresas aéreas no 1º semestre de 2003.
O resultado da TAM impressionam. São números de gente grande mas com um sério problema a resolver. O resultado negativo.
O resultado de vôo do período foi de R$ 143.449.943,00 negativos no mercado doméstico e R$ 124.429.291 também negativos no mercado internacional.
Resultado de vôo é o cálculo obtido entre as receitas e despesas obtidas na operação da malha aérea.
A TAM teve uma queda de 16,59% na oferta de assentos por quilometros oferecidos no doméstico e 33,2% no internacional, sendo que houve uma queda de 22,64% no número de passageiros transportados pagos no doméstico e 13,14% no internacional, perfazendo um total de 3.923.491 passageiros transportados no total do 1º semestre de 2003.
Seu break-even foi de 59% no doméstico e 103% no internacional com um aproveitamento de 54% no doméstico e 68% no internacional. Somando os dois cenários, o resultado foi negativo em 17,3%.
O acordo com a Varig deverá refletir diretamente no resultado do 2º semestre, devendo ter grandes melhorias no resultado apresentado para 2003.
Estes dados serão sempre apresentados na seção Empresas Aéreas do site Aviação Brasil, que estará no ar completa e remodelada em Fevereiro próximo.
Os dados referente o ano de 2003, completos, serão divulgados assim que o Aviação Brasil os receber.

FONTE: Aviação Brasil – Aviação Brasil – São Paulo/SP