United e South African chegam a acordo sobre code-share

205

A United Airlines e a South African Airways (SAA) chegaram a um acordo pelo qual passarão a operar diversos de seus vôos no sistema de código compartilhado (code-share). A medida permitirá que as duas empresas acrescentem novos destinos às suas redes. Um acordo semelhante, da United com a TAP Portugal,entrou em vigor este mês.

O acordo entrará em vigor no dia 1 de novembro, dependendo da aprovação dos governos interessados. A United colocará seu código nos vôos da SAA que ligam o aeroporto Dulles, em Washington, a Johannesburgo, na África do Sul, e em serviços da empresa entre a Europa e a África do Sul e de Johannesburgo para outros pontos da África. A SAA, por sua vez, terá seu código em vôos da United que ligam Washington-Dulles a Seattle, San Francisco, Los Angeles, San Diego e Las Vegas.

“Temos enorme satisfação em nos unir à maior empresa aérea da África e, assim, ampliar a oferta de serviços internacionais a nossos clientes”, declarou o vice-presidente encarregado de vendas internacionais e alianças da United, Graham Atkinson. “Trata-se de mais uma base para nossa estratégia de ampliar, cada vez mais, os serviços internacionais da United”.

Por seu lado, o principal executivo da SAA, dr. Khaya Ngqula, sublinhou o aumento de oportunidades trazidas pelo acordo para os clientes da sua empresa e da United. Ele destacou a América do Norte como um dos principais mercados da SAA, afirmando que a região tem um enorme potencial de crescimento para a empresa.

As duas empresas fazem parte da Star Alliance. A United é membro fundador do grupo. A SAA já foi aprovada e se tornará membro pleno da aliança no início de 2006. A partir dessa data, os membros do plano de milhagem da United, o Mileage Plus, poderão usar e acumular milhas sempre que viajarem pela SAA.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP