United e South African começam a operar em code share

119

A United Airlines e a South African Airways (SAA) colocaram integralmente em vigor seu acordo de código compartilhado (code share), que abre aos clientes das duas empresas novos destinos e serviços na América do Norte, Europa e África do Sul. O acordo inclui vôos entre os Estados Unidos e a África do Sul com conexões na Europa, vôos domésticos nos dois países e o serviço direto da SAA entre Washington e Johannesburgo.

“Estamos entusiasmados com esta oportunidade de ampliar nossas relações com a South African Airways”, declarou o vice-presidente de vendas internacionais e alianças da United, Graham Atkinson. “Esperamos com ansiedade o momento em que poderemos oferecer aos nossos clientes mais benefícios, como a possibilidade de usar seu plano Mileage Plus na SAA, quando a empresa ingressar na Star Alliance, em abril”.

“A South African Airways sente-se orgulhosa em participar com a United Airlines deste acordo”, afirmou o gerente-geral de desenvolvimento de negócios da empresa sul-africana, Nomfanelo Magwentshu. “Com ele, podemos ampliar nossos serviços e continuar a oferecer a nossos passageiros os mais altos padrões de serviço e conforto”.

O acordo permite que os passageiros façam normalmente suas reservas e acumulem milhas nesses vôos. As milhas acumuladas no plano Mileage Plus, da United, nos vôos code share poderão ser usadas nos serviços da South African Airways a partir de abril, quando a empresa sul-africana for admitida formalmente na Star Alliance.

Pelo acordo, a United Airlines colocou seu código no serviço da SAA entre o aeroporto Dulles, em Washington, e Johannesburgo, na África do Sul, e em ligações de Johannesburgo para as cidades sul-africanas de Cidade do Cabo, Durban, East London e Port Elisabeth. Dulles é um dos centros de conexões da United e recebe dois vôos por dia de São Paulo.

O serviço da SAA entre Washington e Johannesburgo é operado quatro vezes por semana. A empresa sul-africana é a única a oferecer vôos diretos entre os Estados Unidos e a África do Sul. Ela também tem vôos de Nova York e de Atlanta para Johannesburgo.

O acordo inclui ainda conexões entre vôos da United entre os Estados Unidos e a Europa e da SAA entre a Europa e a África do Sul. As ligações da SAA constantes do acordo são Londres-Johannesburgo, Londres-Cidade do Cabo, Frankfurt-Johannesburgo, Frankfurt-Cidade do Cabo e Paris-Johannesburgo.

A SAA, por sua vez, colocou seu código em ligações entre o aeroporto Dulles e as cidades norte-americanas de Chicago, Las Vegas, Los Angeles, San Diego, São Francisco e Seattle.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP