Aeromexico (México) | Portal Aviação Brasil
Empresas Aéreas

Aeromexico (México)

Aeromexico (México)

A Aeromexico iniciou seus voos em 14 de setembro de 1934 com o nome de Aeronaves de México, na rota México – Acapulco , tendo a Pan American Airways sua sócia com 40% das ações. Naquela época  seus concorrentes eram a Gust Aerovias e Mexican Airlines e a empresa utilizava-se de aeronaves Douglas DC-3 e Douglas DC-4.

Em 1955 sua frota era de 12 Douglas DC-3, 2 Douglas DC-4 e 1 C-47 Cargueiro. O Douglas DC-6B e o Lockheed Constellations foram utilizados pela empresa e em 1958 a companhia comprou a aeronave Bristol Britannia 310 para realizar os voos de Acapulco para Los Angeles, nos Estados Unidos. Em 1959 as ações da empresa em poder da Panam foram compradas por acionistas mexicanos.

Os Douglas DC-6B foram gradativamente substituídos pelos Douglas DC-8. O nome Aeromexico apareceu em 1972 numa aeronave Douglas DC-10 que realizava os voos para a Europa. Os Douglas DC-8 e DC-9 estavam sendo utilizados em voos para os Estados Unidos e rotas internas. Em 15 de abril de 1988 a empresa chegou a suspender suas atividades por problemas financeiros, retornando apenas em 1º de outubro como Aerovias de México, conservando o nome Aeromexico, com investidores privados.

Em 1990 foram incorporados os jatos McDonnell Douglas MD-88 e as rotas europeias retomadas com os Douglas DC-10, porém, com novos problemas de finanças, a Europa deixou de ser servida em 1995 e os DC-10 foram vendidos.

Em 28 de junho de 1996 o Grupo Cintra adquiriu o controle da Aeromexico e pouco tempo depois a empresa começou a voar para o Brasil com aeronaves Boeing 767-200ER. Em 1997 a rota México – Lima – São Paulo passou a ser operada duas vezes por semana com Boeing 757-200.

Em 2000 a Aeromexico, Air France, Delta Airlines e Korean Air fundaram a SkyTeam, hoje uma das maiores alianças globais. A rota Cidade do México – São Paulo passou a contar com três frequências semanais com o Boeing 767-200ER. Em 2002 encomendou aeronaves Boeing 737-700 para substituir sua frota de velhos jatos Douglas DC-9. Em julho de 2004 começou a operar voos diários entre a Cidade do México e São Paulo alternando entre o Boeing 767-300ER e Boeing 767-200ER.
No dia 8 de março de 2005 a controladora da empresa, Grupo Cintra, designou o Credit Suisse First Boston como agente intermediador para a venda da empresa que se concluiu em 2006.

Em junho de 2006 a Aeromexico anunciou a encomenda de três Boeing 787-8 Dreamliner, tornando-se a primeira da América Latina a incorporar em sua frota esta aeronave. Além dele encomendou seis aviões 737NG e dois Boeing 777-200ER.

Em outubro de 2006 a Aeromexico foi vendida para a divisão Banamex, do Citigroup, por US$ 249 milhões de dólares. O Citi também assumiu dívida de US$ 1 bilhão. O novo presidente do conselho da empresa, José Luís Barraza, disse que investiria mais US$ 240 milhões na companhia para a expansão das rotas e aquisição de mais aviões. A empresa colocou em seus planos a inauguração de dois voos semanas para o Rio de Janeiro.

Em 16 de novembro de 2006 iniciou voos diários entre a Cidade do México e San Antonio, nos Estados Unidos, país onde já opera em 14 cidades. No mesmo dia a Aeromexico anunciou um pedido adicional de dois Boeing 787-8 Dreamliner e dez Boeing 737-700NG.

Em 2012 passou a oferecer aos finais de semana, voos para Cancún, via Lima, de São Paulo, com Boeing 737-800NG. Operação comum na alta temporada. Em 2013 completou 80 anos e recebeu seu primeiro Boeing 787-800, com o qual passou a realizar os voos para Londres, Madrid, New York, Paris e Tóquio.

A Aeromexico transportou 189.606 passageiros na rota para o Brasil em 2015, ficando com 53,57% do Market-share na rota, tendo a TAM Linhas Aéreas, atual Latam Airlines Brasil, sua maior concorrente. Em carga foram 8.490 milhões de quilos transportados, o que correspondeu a 63,51% do volume da rota.  Até setembro de 2016 foram transportados 129.181 passageiros com 85,53% de aproveitamento médio. Este ano passou a voar para Amsterdã, com o 787-800, e para Santo Domingo.

Companhia Integrante da Aliança SkyTeam

Veja abaixo as empresas integrantes.
Aeroflot, Aerolíneas Argentinas, Aeroméxico, Air Europa, Air France, Alitalia, China Airlines, China Eastern, China Southern, Czech Airlines, Delta Air Lines, Garuda Indonesia, Kenya Airways, KLM Royal Dutch Airlines, Korean Air, Middle East Airlines, Saudia, TAROM, Vietnam Airlines e Xiamen Airlines.

Aeromexico - Voos Partindo do Brasil

OrigemDestinoFrequências SemanaisAeronaveVigência (Observação)
São Paulo (GRU)Mexico7Boeing 777-200ER

Aeromexico - Frota

Atualizado em 1 de Dezembro de 2016
AeronaveOperacionalEncomendados
Boeing 737-700NG19
Boeing 737-800NG34
Boeing 737 Max 8/9090
Boeing 777-2Q8ER4
Boeing 787-8009
Boeing 787-90028
Empresas Aéreas

More in Empresas Aéreas

THY Turkish Airlines (Turquia)

Aviação Brasil (Redação)13 de janeiro de 2017

Latam Airlines Brasil (Brasil)

Aviação Brasil (Redação)8 de janeiro de 2017

Gol Transportes Aéreos (Brasil)

Aviação Brasil (Redação)7 de janeiro de 2017

US Airways (USA)

Aviação Brasil (Redação)29 de dezembro de 2016

Copyright © 2016 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806