Aeroporto de Fernando de Noronha recebe investimentos de R$ 3,3 milhões

1696
Foto: Enos Moura Filho
Foto: Enos Moura Filho

A Dix Empreendimentos está realizando investimentos de R$ 3,3 milhões na modernização do aeroporto de Fernando de Noronha. A empresa, que assumiu a administração do terminal em outubro do ano passado após vencer licitação pública, já instalou um sistema de Raio X e pórtico detector de metais em janeiro para verificação de bagagens e, ainda este ano, vai implantar um posto de abastecimento de aeronaves e construir um hangar de 9 mil m².

“Nossa meta é oferecer cada vez mais conforto e comodidade aos usuários do terminal, além de proporcionar condições ideais de operação para as companhias aéreas”, afirmou o diretor da empresa, Manoel Ferreira. Segundo ele, logo que assumiu a gestão do aeroporto, a Dix realizou inúmeras ações visando a imediata melhoria dos serviços prestados aos passageiros. A parte do check-in e check-out, por exemplo, foi reestruturada para que o tempo de atendimento fosse reduzido de 35 para 15 minutos. O terminal ganhou ainda nova sinalização vertical e horizontal, facilitando assim a orientação e a distribuição do fluxo de passageiros que necessitam preencher formulário e efetivar pagamento de taxa.

Além disso, o setor de embarque recebeu novas divisórias para facilitar o serviço de inspeção no local e, no desembarque, as esteiras de bagagens foram recuperadas. Para dar maior comodidade, a estrutura interna também foi toda recuperada com substituição de parte do sistema de iluminação. O saguão de espera foi climatizado e recebeu cadeiras modernas para acomodar melhor os passageiros. Também foram feitas significativas melhorias nos WCs que foram restaurados e receberam novos equipamentos.

Na área externa, o prédio recebeu pintura e placa luminosa. O estacionamento foi recuperado e sinalizado. Foram realizadas obras de recuperação e sinalização também no pátio de manobras das aeronaves a fim de garantir a segurança nas operações.

A Dix Empreendimentos já administra o aeroporto do município de Bonito, no Mato Grosso do Sul, um dos principais destinos do Ecoturismo brasileiro. Lá, empresa investiu R$ 2,5 milhões de recursos próprios na construção do terminal de passageiros e na instalação de uma Estação de Tráfego Aéreo, com sistemas meteorológicos e de comunicações. Com isso, o aeroporto foi habilitado pelos órgãos reguladores a receber voos regulares de grandes aeronaves.