Aeroporto de Goiânia/Santa Genoveva

5477
Foto: Infraero

A Infraero inaugurou em 21 de maio de 2016 um novo terminal de passageiros no Aeroporto de Goiânia, Santa Genoveva.

Quem chega às novas instalações tem à disposição um terminal moderno, de dois andares e 34,1 mil m², com quatro pontes de embarque, 23 balcões de check-in, 11 elevadores, quatro escadas rolantes, três esteiras de restituição de bagagem e canais de inspeção (raio-x e detector de metal) e estacionamento com 971 vagas. Com essa estrutura, Goiânia pode receber até 6,5 milhões de passageiros por ano.

Para as empresas aéreas, além das pontes de embarque, as aeronaves terão ainda outras seis posições remotas de estacionamento e um pátio de 37,4 mil m², com novas redes externas de pista de taxiamento, vias de serviço internas e acesso viário.

Em um projeto pioneiro na sua rede de aeroportos, a Infraero contratou a empresa Socicam para administrar toda a área comercial que atenderá os usuários do Aeroporto de Goiânia. O concessionário passa a gerir o mix comercial, manutenção e limpeza de algumas áreas de uso dos passageiros (banheiros/praça de alimentação). “É um novo modelo de gestão no qual a Infraero vai ofertar um serviço mais ágil, eficiente e diversificado ao passageiro”, afirma o superintendente do aeroporto, Alessandro Máximo.

O novo terminal de Goiânia foi o primeiro da Rede Infraero a ter a área comercial entregue à exploração por uma empresa privada. O compartilhamento das obrigações de limpeza e manutenção das áreas do aeroporto também é uma novidade dessa nova estratégia comercial. A limpeza e a manutenção de banheiros e da praça de alimentação serão de responsabilidade do concessionário. A Infraero permanece responsável pela manutenção do terminal de passageiros, dos carrinhos de bagagem, da segurança e monitoramento de áreas restritas e patrimoniais, conforme previsto no edital.

Para Goiânia, a exploração comercial terá aproximadamente 3 mil m² de área para estabelecimentos dentro do terminal, além de área externa para estacionamento das locadoras de veículos.

Para aprimorar a satisfação do passageiro, a Infraero irá implantar em Goiânia e outros seis terminais o autodespacho de bagagem. Trata-se de uma solução inédita nos aeroportos administrados pela Infraero e que vai aprimorar o atendimento aos passageiros e otimizar a infraestrutura disponível assim como em outros grandes terminais no mundo. Com isso, o viajante poderá fazer o check-in nos terminais de autoatendimento e despachar suas bagagens de maneira rápida e fácil, reduzindo tempo de espera, otimizando espaço e estrutura, além de contribuir para a redução de custos das companhias, que manterão suas políticas de atendimento.

Nas áreas comerciais, a Infraero, em conjunto com a Socicam, responsável pelas lojas e restaurantes do terminal de passageiros, vai oferecer novos estabelecimentos de alimentação, com previsão de início de operação já nos próximos dias. O próximo estabelecimento a ser aberto será a do Giraffas, que dará mais variedade à praça de alimentação. Marcas como Spoletto e Olá Minas também deverão integrar o mix comercial do aeroporto.

Outra melhoria que está sendo encaminhada pela Infraero é o serviço de internet wi-fi gratuita, que passará ser gratuito por pelo menos 60 minutos, sem necessidade de preenchimento de cadastro, além de ganhar uma cobertura de sinal maior e melhor. A quantidade de tomadas no aeroporto já foi expandida com totens nas áreas de espera, que deram mais 136 pontos, totalizando agora 352, com ênfase para a sala de embarque e saguão. “Com essas medidas, a Infraero quer melhorar a experiência que o passageiro tem no aeroporto de Goiânia. Esse é o nosso principal compromisso”, afirma Antônio.

 

Fonte: Infraero editado por Aviação Brasil