Aeroporto de Vitória (Goiabeiras)

6487
Divulgação Infraero

Principal terminal aeroportuário do Espírito Santo (ES), o Aeroporto de Vitória, Eurico de Aguiar Salles (ES), completou 43 anos de operação sob administração da Infraero em 3 de fevereiro. Mas festa mesmo somente hoje, 30 de março, porque a Infraero abriu aos passageiros e demais usuários a operação do novo terminal de passageiros. O acesso é feito exclusivamente pela avenida Adalberto Simão Nader.

O antigo terminal deixará de receber embarques e desembarques das companhias aéreas, que também desativarão seus postos de atendimento.

As novas instalações possuem dois pavimentos, 31 balcões de check-in, 75 pontos comerciais, seis pontes de embarque e desembarque (fingers); além de um pátio para trânsito e estacionamento de aeronaves, com 9 posições; uma nova pista de pousos e decolagens, com 2.058 metros de comprimento e 45 metros de largura.

Com as novas instalações, a capacidade do aeroporto passará para dos atuais 3,3 milhões de passageiros por ano para 8,4 milhões.

A pista utilizada para pousos e decolagens tem 1.750 metros de comprimento por 45 metros de largura, com uma média de movimentação diária de 128 voos e 8.458 passageiros. Em 2016, passaram pelo aeroporto mais de 3 milhões de usuários, entre embarques e desembarques.

O Eurico Salles também conta com um terminal de logística de cargas internacional, construído em 1976, que opera atividades de importação e exportação. O terminal recebe voos internacionais semanalmente, com uma companhia aérea operando o trecho Miami/Vitória. Os principais produtos são eletrônicos, equipamentos de telecomunicação, vestuário, cosméticos, medicamentos e insumos industriais.

 

No local onde o aeroporto está instalado atualmente, na década de 1930 funcionava o Aeroclube da capital, com uma pista de terra batida. No fim de 1943, o local ganhou uma pista de cimento e um terminal de passageiros, que serviu de base para operações no período da Segunda Guerra Mundial, por meio de acordo entre os governos do Brasil e dos Estados Unidos.

Em fevereiro de 1975, o Aeroporto de Vitória passou a ser administrado pela Infraero. A denominação oficial, de Aeroporto de Vitória para Eurico de Aguiar Salles, veio em 2006, pela lei nº 11.296. O nome é uma homenagem ao advogado e político capixaba, que foi secretário de Educação e Cultura do Espírito Santo e ministro da Justiça e Negócios Interiores do governo do ex-presidente Juscelino Kubitschek.

Fonte: Infraero (editado por Aviação Brasil)