Aeroportos estarão preparados para a Copa de 2014, segundo a Infraero | Portal Aviação Brasil
Aeroportos (Noticias)

Aeroportos estarão preparados para a Copa de 2014, segundo a Infraero

Aeroportos estarão preparados para a Copa de 2014, segundo a Infraero
Foto: Enos Moura Filho

Foto: Enos Moura Filho

“Os aeroportos brasileiros estarão preparados para receber os torcedores na Copa do Mundo de 2014”, afirmou o presidente da Infraero, Gustavo do Vale, na última terça-feira (26/11), durante o 1º Seminário de Operadores de Aeroportos Brasileiros – A 200 dias da Copa. Ele fez um balanço do andamento das obras nos terminais da rede Infraero para o Mundial e disse que o Brasil já está “acostumado com grandes eventos”, ao se referir à Copa das Confederações e à Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Vale destacou que, no caso da JMJ, realizada no Rio de Janeiro, em julho deste ano, mais de 100 mil peregrinos passaram pelos dois principais aeroportos cariocas no dia seguinte ao encerramento do evento, sem registros de problemas. “Em um dia, lotamos dois Maracanãs”, comparou. Durante sua apresentação, ele detalhou as obras que estão sendo realizadas nos aeroportos da empresa localizados nas cidades-sedes da Copa de 2014, como Confins, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Galeão, Manaus, Porto Alegre, Salvador e Recife. Nesses terminais, há 27 obras em andamento e 16 já foram concluídas. Dos R$ 4,8 bilhões previstos desde 2011, cerca de R$ 2,5 bilhões já foram investidos nesses aeroportos.

Para o presidente da Infraero, a quebra do monopólio estatal no setor de aviação fez bem à Infraero ao estabelecer novos parâmetros de atendimento aos usuários. “Não é mais possível que o Estado brasileiro continue a ser o único investidor na infraestrutura aeroportuária, como foi o caso dos últimos 40 anos”, observou, acrescentando que, se a iniciativa privada tem condições de arcar com os investimentos em qualquer setor que uma empresa pública atua, é natural que o governo repasse essa atividade econômica para o setor privado, guardando seus recursos para investir naquilo em que o país mais demanda a atuação governamental.

Participaram também do seminário os presidentes das operadoras responsáveis pelos aeroportos de Guarulhos, Brasília e Viracopos, concedidos no ano passado: Antônio Miguel Marques (GRU Airport), Alysson Paolinelli (Inframérica) e Luís Alberto Küster (Aeroportos Brasil Viracopos). De acordo com o modelo de concessão do governo federal, a Infraero detém 49% de participação nestes consórcios. O Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, o primeiro que foi concedido, está sob responsabilidade do consórcio Inframérica, com 100% de sua administração.

Na última sexta-feira, 22/11, também foram concedidos os aeroportos do Galeão (RJ), para o consórcio Aeroportos do Futuro; e de Confins (MG), para o AeroBrasil. Os grupos vencedores assinarão os contratos em março de 2014. Após assinatura do contrato, haverá um período de transição no qual a Infraero continuará a administrar o aeroporto, acompanhada pela concessionária nos primeiros 120 dias. Após esse período, a concessionária administrará o aeroporto em conjunto com a Infraero por mais três meses (prorrogável por mais três meses). Depois dessa fase, a concessionária assume a totalidade das operações do aeroporto.

More in Aeroportos (Noticias)

O potencial dos aeroportos leiloados de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre

Aviação Brasil (Redação)22 de março de 2017

Aeroporto de São Luís ganha nova sala de embarque

Aviação Brasil (Redação)22 de março de 2017

Aeroporto Internacional de Belém

Aviação Brasil (Redação)17 de março de 2017

Aeroporto Internacional de Navegantes/Vitor Konder

Aviação Brasil (Redação)9 de março de 2017

Copyright © 2016 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806