Azul vai cercando o interior paulista

352

A Azul Linhas Aéreas confirmou interesse em incluir Marília em sua malha aérea. O pedido de HOTRAN (Horário de Transporte) foi submetido à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) na última sexta, 18 de fevereiro, e a companhia aguarda autorização para iniciar voos regulares na cidade.
 
Caso seja aprovado, a Azul prevê o início das operações entre o aeroporto Estadual de Marília, Frank Miloye Milenkoviche, o e aeroporto de Viracopos, em Campinas, na primeira semana de maio.
 
A expectativa é de  servir a cidade com duas ligações diárias de segunda a sexta, uma aos sábados e, novamente, duas aos domingos. Esta rota será operada com o novo modelo de aeronave da companhia: o turboélice da fabricante franco-italiana ATR 72 – 200, com capacidade para 70 lugares.
 
A Azul considera Marília um pólo econômico e industrial importante e por isso aposta na cidade. Acredita que com sua chegada, a região vai se beneficiar com a regularidade, as freqüências e, principalmente, com as possibilidades de conexão que serão oferecidas ao morador local. Em Viracopos, o cliente poderá ir para os 28 destinos oferecidos pela companhia hoje.