Boeing começa o treinamento de voo do 787 Dreamliner

393

A divisão Training & Flight Services da Boeing iniciou a certificação do treinamento de voo do 787 Dreamliner, após a aprovação provisória da U.S. Federal Aviation Administration (FAA) – instituição que regula o setor aéreo nos Estados Unidos – para seus dispositivos de treinamento de voo do 787, situados em Seattle. Como parte do treinamento de voo, os pilotos treinam em um dispositivo de tela plana e em um simulador de voo completo do 787, ambos produzidos pela Thales.

“As inovações do 787 nos instigaram a desenvolver um currículo de treino mais eficaz, com base nas necessidades de formação de nossos clientes combinada com  entrega eficiente e modernas ferramentas de simulação”, disse Sherry Carbary, vice-presidente da divisão Flight Services da Boeing Commercial Airplanes. “Com a aprovação da FAA dos nossos dispositivos de treinamento de voo, estamos embarcando numa emocionante viagem para fornecer tripulações qualificadas e competentes.”

A designação “provisória” será removida assim que o avião estiver completamente certificado. Os escritórios locais da FAA aprovarão cursos de treino customizados e individuais para operadoras do 787 e isso também poderá ter base em aprovações provisórias antes da certificação do avião.

“Estamos satisfeitos com o progresso que estamos fazendo no sentido de garantir que nossos produtos e serviços de apoio estejam prontos para nossos clientes“, disse Mike Fleming, diretor de Serviços e Suporte do 787, da Boeing Commercial Airplanes. “Esse é um momento excitante para nossos clientes e uma conquista para toda a equipe da Boeing, já que estamos para entregar o primeiro 787”, explica o executivo.

Atualmente, há oito dispositivos de treinamento em cinco unidades da Boeing Training & Flight Services: em Tóquio (Japão), Cingapura (China), Seattle (EUA) e Gatwick, no Reino Unido.