Copa Airlines faz encomenda de Boeing 737 MAX 8 e MAX 9 | Portal Aviação Brasil
Encomendas e Frotas

Copa Airlines faz encomenda de Boeing 737 MAX 8 e MAX 9

Copa Airlines faz encomenda de Boeing 737 MAX 8 e MAX 9

A Copa Airlines e a Boeing confirmam a compra de 61 aeronaves 737 MAX 8 e 9. O valor total do negócio foi de US$ 6,6 bilhões, segundo dados publicados, tornando-se a maior transação monetária entre empresas panamenhas e americanas.

A cerimônia teve destaque na Cidade do Panamá, durante a CEO SUMMIT na VII Cúpula das Américas, que reuniu 33 presidentes e chefes de Estado.

Juntamente com os presidentes Varela e Obama, Stanley Motta, presidente do conselho da Copa Holdings; Pedro Heilbron, CEO da Copa Airlines; e Jim McNerney, CEO e presidente do conselho de administração da Boeing, assinaram os documentos para o reconhecimento do acordo.

“Nós, da Copa Airlines, estamos orgulhosos por ter firmado este acordo histórico na presença de dois presidentes”, disse Pedro Heilbron. “Os 737s Next Generation são a espinha dorsal da nossa frota atual e esse acordo demonstra nosso compromisso contínuo com o futuro, para unir as pessoas de todas as Américas, usando aeronaves mais modernas e eficientes, assim como o Centro de Conexões das Américas, na Cidade do Panamá”.

Stanley Motta destacou que “com o MAX 737, nossos clientes desfrutarão de todos os benefícios da melhor tecnologia disponível no mercado. Este acordo é um passo importante para fortalecer a liderança da Copa na região e, ao mesmo tempo, melhorar nossos serviços de classe mundial e expandir a rede. Ao mesmo tempo, estamos animados com as novas oportunidades de crescimento econômico no Panamá”.

A Copa Airlines utilizará essas aeronaves para substituir sua frota mais antiga e ter um plano de crescimento contínuo. A empresa aérea será a primeira da região a operar o 737 MAX 9. O conforto para os passageiros do 737 MAX 9 é ideal para viagens de longa distância na rede de rotas da companhia.

Com este novo acordo, a Copa Airlines pretende reforçar a contribuição do setor da aviação para o desenvolvimento econômico e social do Panamá, gerando mais de 43 mil empregos diretos e 137 mil indiretos, contribuindo para um Produto Interno Bruto (PIB) de 4,2% (12,6% se somados os serviços turísticos), de acordo com o Estudo de Benefícios Econômicos de Transporte Aéreo do Panamá, da Associação de Transporte Aéreo Internacional (IATA).

“É uma honra termos a companhia de Varela e Obama neste grande dia. Todos nós da Boeing estamos orgulhosos de nosso relacionamento com a Copa e seu esforço para seguir como uma das companhias aéreas mais progressistas do mundo”, disse McNerney. “A Copa tem uma história de liderança no setor de aviação na América Latina, e esta compra mostra a dedicação para melhorar continuamente o desempenho, satisfação do cliente e eficiência”.

Encomendas e Frotas

More in Encomendas e Frotas

Embraer 2016…e o que a companhia espera para 2017 no segmento comercial

Aviação Brasil (Redação)9 de março de 2017

Azul será o primeiro cliente a operar o jato Embraer E195-E2

Aviação Brasil (Redação)9 de março de 2017

AirLink, da África do Sul, com Embraer E-jets

Aviação Brasil (Redação)25 de janeiro de 2017

Air France coloca em operação seu primeiro Boeing 787

Aviação Brasil (Redação)10 de janeiro de 2017

Copyright © 2016 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806