Demanda de passageiros em 2012 cresceu, e a de carga caiu | Portal Aviação Brasil
Desempenho Operacional

Demanda de passageiros em 2012 cresceu, e a de carga caiu

Demanda de passageiros em 2012 cresceu, e a de carga caiu
Foto: Enos Moura Filho

Foto: Enos Moura Filho

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) divulgou os dados de tráfego do ano de 2012 que mostram aumento de 5,3% na demanda de passageiros e queda de 1,5% na de carga, em uma comparação ano a ano.

O aumento de 5,3% na demanda de passageiros foi ligeiramente inferior ao crescimento de 5,9% registrado em 2011, mas acima da média de 5% dos últimos 20 anos. Fatores de carga para o ano estavam perto dos níveis recordes, a 79,1%. Demanda nos mercados internacionais cresceu a um ritmo mais acelerado (6,0%) do que o das viagens domésticas (4,0%). Em ambos os casos os mercados emergentes foram os principais impulsionadores do crescimento.

A queda de 1,5% na demanda por transporte aéreo de carga em comparação a 2011 marcou o segundo ano consecutivo de declínio, após retração de 0,6% em 2011. O fator de carga do frete para o ano foi de 45,2%.

“A demanda de passageiros cresceu fortemente em 2012, apesar das más notícias econômicas que dominaram a maior parte dos últimos 12 meses. Isso demonstra o quão importantes são as viagens aéreas globais para a conectividade no mundo de hoje. Ao mesmo tempo, fatores quase recordes de carga ilustram o extremo cuidado com o qual as companhias aéreas gerenciam sua capacidade. O crescimento e o alto nível de utilização das aeronaves, combinados, ajudaram as companhias aéreas a apresentar um lucro de aproximadamente US$ 6,7 bilhões em 2012, a despeito da alta no preço dos combustíveis. Mas, com uma margem de lucro líquido de apenas 1%, a indústria está apenas mantendo sua cabeça acima da água”, disse Tony Tyler, diretor-geral e CEO da IATA.

“Em contraste com o crescimento do mercado de passageiros, o mercado de carga contraiu 1,5%. A indústria sofreu um baque. O comércio mundial diminuiu drasticamente. E as commodities são mais adequadas para o transporte marítimo. A oportunidade notável era o desenvolvimento do comércio entre Ásia e África, que apoiou o forte crescimento das companhias aéreas baseadas no Oriente Médio (14,7%) e na África (7,1%)”, disse Tyler.

Demanda internacional de passageiros

A demanda internacional de passageiros cresceu 6% em 2012. Os maiores índices de crescimento foram registrados nos mercados emergentes, particularmente no Oriente Médio (15,4%), na América Latina (8,4%) e na África (7,5%). A capacidade cresceu mais devagar do que a demanda (4%), apoiando uma margem próxima ao nível recorde internacional de fator de carga, de 78,9%.

Companhias latino-americanas registraram crescimento da demanda de 8,4% em 2012. Este foi o segundo maior desempenho registrado (atrás apenas do Oriente Médio), apoiado pelo aumento da renda e redução do desemprego na região (especialmente no Brasil). A capacidade expandiu mais lentamente do que a demanda (7,5%), e a taxa de ocupação ficou em 77,9% no ano.

Demanda doméstica de passageiros

Viagens aéreas domésticas cresceram 4% em 2012. A China (9,5%) e o Brasil (8,6%) tiveram a melhor performance. A Índia foi o mercado mais fraco, com uma contração de 2,1%, em comparação com os níveis de 2011. O crescimento da capacidade total (3,8%) está de acordo com o crescimento da demanda (4%), e a taxa de ocupação doméstica permaneceu em 79,5%.

China e Brasil apresentaram o maior crescimento de demanda em 2012, de 9,5% e 8,6%, respectivamente. Ambos aumentaram sua capacidade, mas o crescimento da capacidade chinesa de 11,3% superou a demanda, enquanto a do Brasil, 4,8%, foi cerca de metade do aumento do tráfego. No entanto, o fator de carga chinês manteve-se forte (80,9%) e consideravelmente maior do que o do Brasil (71,8%).

Transporte aéreo de carga (nacional e internacional)

Mercados de frete aéreo caíram pelo segundo ano consecutivo, reduzindo mais 1,5% em 2012, após declínio de 0,6% em 2011. O transporte de carga aérea está sob pressão da desaceleração do crescimento do comércio mundial e mudanças no mix de mercadoria e frete. A expansão das economias emergentes tem impulsionado a demanda por commodities transportadas pelo mar, enquanto a fraqueza econômica no Ocidente reduziu a demanda por bens de alto valor de consumo transportados por ar. A capacidade de carga cresceu apenas 0,2% em relação ao ano passado, e taxa de ocupação de carga foi de 45,2%.

Companhias aéreas da América Latina viram o declínio da demanda de carga de 1,2%, mas a capacidade cresceu 4,9% ao longo do ano, deixando o fator de carga cair para 38,3%.

Pontos Principais

“Estamos entrando em 2013 com um pouco de otimismo. A confiança das empresas está em alta. A situação na zona do euro é mais estável do que há um ano e os EUA evitaram o precipício fiscal. Ventos significativos permanecem. Não há fim à vista para os preços de combustível elevados, e o crescimento do PIB deverá ser de apenas 2,3%. Mas a melhora na confiança empresarial deve ajudar os mercados de carga a recuperar o terreno perdido desde 2012. E o ímpeto construído no fim do ano deve ver o negócio de passageiros perto de ampliar a tendência de crescimento histórico de 5%. 2013 não será um ano marcante para a rentabilidade, mas devemos ver alguma melhora em relação a 2012 “, disse Tyler.

Em sua perspectiva de dezembro para 2013, a IATA prevê que o ano será de crescimento de 4,5% nos mercados de passageiros, e de crescimento de 1,4% na demanda de carga. Isso vai contribuir para a melhoria da rentabilidade de US $ 6,7 mil milhões (1% de margem de lucro líquido) em 2012 para US $ 8,4 bilhões (1,3% de margem de lucro líquido) em 2013.

 

Desempenho Operacional

More in Desempenho Operacional

Latam – Maiores ofertas e aproveitamento de voos (Janeiro de 2017)

Aviação Brasil (Redação)20 de março de 2017

Gol – Maiores ofertas e aproveitamento de voos (Janeiro de 2017)

Aviação Brasil (Redação)20 de março de 2017

Azul – Maiores ofertas e aproveitamento de voos (Janeiro de 2017)

Aviação Brasil (Redação)19 de março de 2017

Avianca Brasil – Maiores ofertas e aproveitamento de voos (Janeiro de 2017)

Aviação Brasil (Redação)19 de março de 2017

Copyright © 2016 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806