Helibras comemora 33 anos durante a LAAD

362

A Helibras completa hoje 33 anos de fundação, com muito a comemorar. A empresa atingiu recordes de produção e entrega de aeronaves, está em expansão para produzir helicópteros médios no Brasil (Esquilo, EC725 e EC225), promovendo o maior programa de transferência de tecnologia de sua história, e realiza importantes investimentos para ampliação de sua área de serviços, entre outras conquistas.

Desde seu primeiro contrato para fornecimento de 6 helicópteros Esquilo para a Marinha do Brasil, em 1978, até o programa de produção de 50 helicópteros EC725 destinados às três Forças Armadas, atualmente em andamento, a empresa se transformou.

No ano passado, a Helibras entregou 42 helicópteros e vendeu outras 38 unidades, o que lhe garantiu uma carteira de pedidos de R$ 1,9 bilhão, ou 74 aeronaves para entregas em um período de seis anos e meio. O faturamento de 2010, de R$ 395 milhões, representou um crescimento de 35% em volume sobre o ano anterior. Desse valor, R$ 327 milhões resultaram da venda de novos helicópteros e R$ 68 milhões da prestação de serviços e vendas de peças de reposição.

Com esses resultados a Helibras mantém a liderança do mercado total de helicópteros a turbina no Brasil, com 53% de participação, distribuídos da seguinte forma: 66% de participação no mercado militar, 82% no mercado governamental, 47% no mercado civil e 31% no segmento de óleo e gás.

“Esse desempenho consolidou a Helibras como uma empresa líder em vendas de aeronaves e serviços. Também comemoramos o cumprimento da fase inicial do contrato com o Ministério da Defesa, através da entrega das três primeiras unidades do EC725, o avanço nas obras de expansão e a implantação efetiva dos programas de transferência de tecnologia previstos nesse mesmo contrato”, afirmou Eduardo Marson, presidente da Helibras.