Honeywell assina contrato vitalício de US$ 2,8 bilhões com Embraer

459

Embraer_commercial

A Honeywell e a Embraer assinaram um acordo vitalício no valor de US$2,8 bilhões para o fornecimento do sistema integrado de aviônicos Honeywell Primus Epic para a segunda e nova geração de aviões da família E-Jet, da Embraer.

O sistema de aviônicos pode incluir navegação, comunicações e sistemas de exibição no cockpit oferecendo tanto aos pilotos quanto a tripulação informações fundamentais que vão ajudá-los a voar com segurança, precisão e eficiência.

O Primus Epic integra esses sistemas num pacote compacto e soma tecnologias inovadoras, tais como a visão sintética e a de gerenciamento de vôo avançado, tudo isso para um melhor conhecimento de situações de operação, uso mais eficiente de combustíveis e abordagens diretas nos aeroportos.

A segunda geração de E-Jets da Embraer, equipados com o Honeywell Primus Epic, deve entrar em serviço em 2018, com a previsão de lançamento do programa ainda neste ano. Honeywell e Embraer têm uma longa história de trabalho conjunto, em uma grande variedade de produtos e serviços, que remonta 25 anos.

Com 9 milhões de horas de voo em E-Jets até o momento, o grande sucesso do Honeywell Primus Epic guarda semelhanças com a atual geração de aeronaves, o que permite uma transição suave para a nova plataforma. Isto se deve à tecnologia dos softwares na qual os aviônicos estão baseados o que fará com que a Embraer seja capaz, de fácil e efetivamente, integrar as futuras estruturas de comunicação, de navegação e de gestão de tráfego aéreo.