Empresas Aéreas

Japan Airlines (Japão)

Japan Airlines (Japão)

A Japan Airlines deixou de voar para o Brasil em 27 de setembro de 2010. Em seu último ano de operações no país transportou 17.996 passageiros, sendo que 77% foram para o Japão e 23% para os Estados Unidos e trouxe 18.458 passageiros, sendo que 78% vieram do Japão e 22% dos Estados Unidos. Em carga foram transportados em todas as rotas da empresa 2.503 milhões de toneladas de carga quilômetro, o que representa financeiramente a 8% da receita da empresa. A empresa faz parte da Oneworld e possui acordos com 17 empresas, entre elas a Air France, American Airlines, British Airways, Emirates, Iberia, Korean Air e Qantas.

A Japan Air Lines (JAL) iniciou voos em 1951 com serviços na cidade de Tokyo. A aeronave utilizada era um Martin 2-0-2 de dois motores. A primeira aeronave comprada foi um Douglas DC-4 e em 1953 um Douglas DC-6. Foi com esta aeronave, que em 1954, a empresa passou a fazer seu primeiro voo internacional, voando para San Francisco, nos Estados Unidos. Em outubro daquele ano a empresa começou a voar para São Paulo (Congonhas) com Douglas DC-6B, numa viagem de três dias. Em 1958 o DC-6B foi substituído pelo Douglas DC-8, que passou a operar em Campinas por Congonhas não ter pista com extensão suficiente para uma operação segura.

Os jatos chegaram em 1960 quando a empresa, com nova pintura, passou a utilizá-los nas rotas de San Francisco, Londres e Copenhagen. Em 1962 o Convair 880 foi utilizado na rota de Frankfurt.

A partir de 1970 os DC-8 passaram a ser substituídos pelos Boeing 747-100, fase esta que levou quase todos os anos da década de 70. Ainda nesta década, a JAL comprou o Douglas DC-10-40 e em 20 de junho de 1978 iniciou seus voos para São Paulo na rota Tokyo – Anchorage (Escala Técnica) – New York (Escala Técnica) – San Juan (Escala Técnica) – Rio de Janeiro – São Paulo (Viracopos).

Em 17 de setembro de 1984 a Japan Airlines substituiu o Douglas DC-8 pelos Boeing 747-200 tendo como destino o Rio de Janeiro, duas vezes por semana.

Em 1987 a JAL começou a utilizar o Boeing 767-200 e saia das mãos e controle do governo japonês. Em 1988 a JAL realizava três voos semanais para o Brasil, agora com destino final São Paulo (Guarulhos).

Nos anos 90 os McDonnell Douglas MD-11 passaram a substituir os DC-10 e em 1995 chegaram aeronaves Boeing 737-400 e 777 em 1996.

Em 2000 a Japan Airlines operava cinco frequências de São Paulo para Tokyo, sendo quatro delas via New York com o Boeing 747-400 e uma com Boeing 747-300 via Los Angeles e Nagoia. Em abril de 2002 deixou de operar a rota São Paulo – Los Angeles – Tokyo. Em 2004 reduziu para três voos semanais na rota São Paulo – New York – Tokyo – Nagoia, com Boeing 747-400.

Em 2007 passou a ser membro da Oneworld, da qual fazem parte algumas das principais companhias aéreas do mundo, como a British Airways e American Airlines.

Em 22 de fevereiro de 2007 anunciou aquisição de 10 Embraer 170 pelo preço de tabela das aeronaves, por US$ 290 milhões. Em 27 de setembro de 2010 deixou de voar para São Paulo.

Transportou 23.9 milhões de passageiros em 2012, um incremento de 1.2% no volume total, sendo que neste período aumentou a sua capacidade em 20.2%.  Ao total são aproximadamente 32 mil funcionários.

Frota atual: 10 Boeing 737-800 , 20 Boeing 767-346 , 01 Boeing 767-346F, 25 Boeing 767-346ER , 11 Boeing 777-200 , 14 Boeing 777-200ER , 02 Boeing 777-300 , 18 Boeing 777-300ER  e 15 Boeing 787-800.

Empresas Aéreas

More in Empresas Aéreas

Azul Linhas Aéreas Brasileiras (Brasil)

Aviação Brasil (Redação)20 de abril de 2017

Latam Airlines Paraguay (Paraguai)

Aviação Brasil (Redação)13 de abril de 2017

Avior Airlines (Venezuela)

Aviação Brasil (Redação)13 de abril de 2017

Kalitta Air (USA)

Aviação Brasil (Redação)13 de abril de 2017

Copyright © 2017 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806