Linktel amplia rede Wi-Fi criptografada para os turistas nos aeroportos brasileiros

2001

A operadora de Linktel aumentou para 15 o número de aeroportos da Infraero equipados com serviço de Wi-Fi criptografado baseado na tecnologia Wi-Fi NGH 2.0 passpoint e com capacidade para acesso seguro para 30 mil usuários simultâneos.  A tecnologia que garante a proteção é homologada pela WBA (Wireless Broadband Alliance), que reúne os maiores fabricantes e operadores para o desenvolvimento da Wi-Fi segura em todo o mundo.

Com o serviço de Wi-Fi seguro nos aeroportos os turistas podem acessar a Internet e trafegar dados e vídeos em alta velocidade, com a mesma qualidade dos principais aeroportos dos Estados Unidos e Europa, onde a Linktel também possui  acordo de roaming com operadoras globais, entre elas a Trustrive, Boingo e iPass. Para promover os acordos de roaming que possui, a Linktel também anunciou campanha de Assinatura Mensal de Roaming Mundial para os brasileiros que partem nesta época do ano para os Estados Unidos e Europa para curtir o Natal e Réveillon na neve.

Para André Grizotto, diretor de operações da Linktel, o acordo com a Infraero exige um serviço de Wi-Fi de qualidade internacional e com a tecnologia Wi-Fi NGH 2.0 passpoint o acesso seguro está garantido. “Sabemos que as ameaças virtuais aumentam nesta época do ano em consequência do grande volume de acesso aos serviços Web. Garantir maior proteção contra estas ameaças é vital para o sucesso do serviço e satisfação do usuário”, afirma o executivo.

Segundo Grizotto, a expectativa das operadoras de telefonia móvel é o aumento do consumo de dados nesta época de festas de final e anos e início das férias, quando muitos brasileiros buscam destinos onde buscam desfrutar momentos de lazer e entretenimento, tanto que a rede da Linktel é compatível com o 3G/4G Offload, para que as operadoras de celular realizem o desvio do tráfego de dados e liberem a sua rede para entregar o melhor serviço de voz aos seus assinantes.

A operadora espera aumento de 20% no número de acesso ao final deste ano, em comparação com 2015, quando mais de 400 mil pessoas foram beneficiadas pelo serviço Wi-Fi Linktel nos aeroportos da Infraero.