Preços abusivos das passagens aéreas serão tema de audiência

1064

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle vai realizar duas audiências para debater passagens aéreas e a situação dos aeroportos no Brasil. Na primeira audiência serão convidados os presidentes das companhias aéreas Gol/Varig, Constantino de Oliveira; TAM, Líbano Miranda; Trip, José Mario Caprioli; Webjet, Fábio Godinho; Pantanal, Euzébio Angelotti; e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Carlos Eduardo Pellegrino.

Eles devem prestar esclarecimentos sobre:
– a regra tarifária adotada pela companhia aérea que representam;
– a malha aérea e seus percursos discrepantes;
– os preços abusivos da taxa extra pela reserva de assentos da primeira fila e das saídas de emergência nas aeronaves;
– a cobrança de taxa de serviço na emissão de bilhetes;
– os planos de investimentos das companhias aéreas; e
– a taxa de embarque.

A iniciativa do debate é do deputado João Magalhães (PMDB-MG). Ele reclamou que as empresas aéreas estabelecem tarifas diferenciadas para o mesmo voo doméstico, em função de várias condicionantes por elas estabelecidas. “As oscilações de preços das passagens aéreas estão formatando uma prática constante e abusiva de preços no mercado nacional, as quais se explicam com evasivas desculpas de que os voos saem sempre lotados. É inaceitável tal explicação, pois as despesas com o avião, cheio ou vazio, são as mesmas”, explicou Magalhães.

Ainda não foi marcada a data para este encontro. Com informações da Agência Câmara de Notícias.