Royal Air Maroc (Marrocos)

2586

Fundação em 1953 a RAM passou a operar no Brasil em 1976 e deixou de operar em outubro de 1983. Um ano depois, no mesmo mês de outubro, a empresa retomou a operação no Aeroporto Internacional do Galeão com um Boeing 747SP. O voo operado as quintas-feiras fazia a rota Casablanca – Rio – São Paulo e operou até 1992. Sua frota estava composta por 2 Fokker 27, 2 Boeing 707, 8 Boeing 727-200, 6 Boeing 737-200, 1 Boeing 747SP, 1 Boeing 747-200 e 2 Boeing 757. Em 1989 a empresa investiu US$ 900 milhões de dólares para renovar a frota e encomendou 10 Boeing 737-400/500 e 3 ATR 42.

Em julho de 1990 a RAM recebeu o primeiro Boeing 737-400 de dez encomendados. Dois anos após a frota se estabilizou com 2 Boeing 707-351C, 8 Boeing 727-200, 6 Boeing 737-200, 3 Boeing 737-400, 4 Boeing 737-500, 1 Boeing 747SP, 1 Boeing 747-200 e 2 Boeing 757.

Em dezembro de 2013 retomou os voos para o Brasil, três vezes por semana, na rota Casablanca – São Paulo com Boeing 767-300ER, algumas vezes alternando com o Boeing 787.

Em 2015 transportou 17.432 passageiros do Brasil para o Marrocos com 62,06% de aproveitamento e 16.071 passageiros do Marrocos para o Brasil com 58,02% de aproveitamento, totalizando 33.503 passageiros na rota.

É uma “4 Star Arline Skytrax”.

Royal Air Maroc - Frota

Atualizado em 11 de Fevereiro de 2018
AeronaveOperacionalEncomendados
Airbus A320-2001
Boeing 737-3M8F1
Boeing 737-7B66
Boeing 737-86N31
Boeing 747-4281
Boeing 767-36NER4
Boeing 787-85
Boeing 787-904
Embraer 190AR4
Total534