Taag com mais 3 Boeing 777

845
Foto: Assessoria de Imprensa Boeing

A TAAG – Linhas Aéreas de Angola, finalizou um pedido de mais três aviões Boeing 777-300ER (Extended Range). O pedido, avaliado em US$ 895 milhões, também inclui o direito de compra de outras três aeronaves do mesmo modelo.

“A Boeing e a TAAG têm um forte parceria há 37 anos. Nós continuamos a construir essa parceria para garantir mais 35 anos juntos”, afirma Van Rex Gallard, vice-presidente de Vendas para África, América Latina e Caribe da Boeing Commercial Airplanes. “A TAAG opera uma frota 100% Boeing e ao somar esses três 777s à sua lista, a empresa visa atender a crescente demanda com produtos desenvolvidos para o conforto dos passageiros e confiabilidade operacional”.

O crescimento da aviação em todo o continente Africano continua a ultrapassar a média mundial com cada vez mais pessoas voam para e da África. A economia de Angola continua crescendo a um ritmo rápido e com esse crescimento, aumenta a demanda por viagens aéreas.
“Enquanto preparamos a nossa companhia aérea para atender o aumento da demanda por viagens de e para Angola, acrescentar mais três Boeing 777-300ER para a nossa atual frota de cinco aviões 777 vai nos manter bem posicionada como uma das principais companhias aéreas da África”, disse o presidente da TAAG Dr. Antonio Luis Pimentel Araújo. “Nossos clientes preferem o conforto dos aviões Boeing, em especial o 777 e estamos orgulhosos de fornecer a eles esse conforto em nossa frota”.
A TAAG vai continuar a expandir sua rede de rotas usando os novos aviões e incluirá rotas diretas para o Rio de Janeiro, São Paulo, Lisboa, Porto e outros destinos europeus. A TAAG opera atualmente três 777-200ER e dois 777-300ER que partem de Luanda, em Angola a Lisboa dez vezes por semana, para Pequim, uma vez por semana, para Dubai duas vezes por semana, para São Paulo quatro vezes por semana e para o Rio de Janeiro três vezes por semana.

“A introdução destas aeronaves à frota da TAAG irá posicionar nossa companhia aérea para competir com todas as operadoras estrangeiras que querem servir o mercado de Angola”, afirma o Ministro dos Transportes Dr. Augusto da Silva Tomás. “A frota da TAAG será, portanto, um componente crucial da rede de transporte de Angola e um dos principais apoiadores da economia angolana, ganhando receitas vindas de fora para a nossa economia crescer.”

Comments are closed.