TAP bate recordes de transporte e resultado | Portal Aviação Brasil
Desempenho Operacional

TAP bate recordes de transporte e resultado

TAP bate recordes de transporte e resultado

Foto: Enos Moura Filho

A TAP registou, no terceiro trimestre de 2012 (julho, agosto e setembro), um resultado líquido de 102.315 milhões de euros, o que traduz um aumento de 21% face aos 84.566 milhões apurados em igual período de 2011. Trata-se do melhor trimestre de sempre da história da TAP, o que ganha maior relevância quando se verifica que o preço dos combustíveis continuou a subir de forma significativa.

Estes números são consequência do bom desempenho operacional da TAP e confirmam o maior peso do segundo semestre nos resultados anuais, fruto da influência da sazonalidade dos mercados da companhia.

Neste período a companhia transportou 3.110.344 passageiros, tendo, pela primeira vez na sua história ultrapassado um milhão em cada um dos meses. O maior destaque vai para agosto que com 1.071.255 passageiros foi o melhor mês de sempre.

Para o presidente da TAP, Fernando Pinto, este desempenho confirma a “capacidade de adaptação e eficiência que hoje caracterizam a empresa”.

“O fato de mais de dois terços das receitas serem geradas no estrangeiro, e de a nossa rede abranger diferentes pontos do globo, desde o Leste Europeu de Leste, a África, passando pelas Américas, permite-nos maiores defesas em relação a perturbações pontuais neste ou naquele mercado específico” – sublinhou.

Entre os mercados que mais cresceram, contribuindo para esta sucessão de recordes, destaca-se a Europa, em especial o Reino Unido, Bélgica/Luxemburgo, Alemanha, Escandinávia e o conjunto dos países de Leste. Bucareste, a última aposta da companhia teve um ótimo início. Destaque ainda para os Estados Unidos com um crescimento de 22%, revelando o sucesso da aposta em Miami.

Em termos acumulados, nos primeiros nove meses do ano, a TAP transportou 7.817.047 passageiros, mais 4,1% que no mesmo período de 2011, o que constitui igualmente um recorde absoluto na vida da companhia. Ao mesmo tempo, a TAP dá um contributo determinante para que o tráfego global seja positivo nos aeroportos nacionais (+1,4%).

Este resultado deu um contributo decisivo para que também os resultados do Grupo TAP neste trimestre tenham sido os melhores de sempre. No acumulado dos 3 meses foi atingido um resultado positivo de 89.718 milhões, o que representa uma melhoria de 29% face a igual período do ano anterior.

A Groundforce teve um resultado positivo de 1,1 milhões, o que significa uma melhoria de 84%, enquanto a M&E Brasil, mantendo ainda um resultado negativo de 13.696 milhões, melhor em 12% do que no período homólogo de 2011, continuando a trajetória de recuperação já manifestada em 2011.

Desempenho Operacional

More in Desempenho Operacional

Anuário Aviação Brasil 2017

Aviação Brasil (Redação)15 de dezembro de 2016

As 20 maiores rotas brasileiras de Janeiro a Setembro de 2016

Aviação Brasil (Redação)31 de outubro de 2016

Absa – Aerolineas Brasileiras (Brasil)

Aviação Brasil (Redação)15 de outubro de 2016

Latam Brasil tem queda de passageiros em julho!!

Aviação Brasil (Redação)9 de agosto de 2016

Copyright © 2016 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806