Carga Aérea

UPS reformula sua frota de 767

UPS reformula sua frota de 767

UPS n318up

A UPS apresentou o novo visual de sua frota principal de Boeing 767, que acrescenta winglets como parte de seus esforços sustentáveis para economizar combustível e reduzir emissões.

Esses dispositivos especiais são componentes aerodinâmicos acoplados às extremidades da asa da aeronave, eles reforçam a eficiência, economizando combustível e reduzindo o arrasto induzido, ao mesmo tempo em que diminui emissões de ruídos, melhorando o desempenho da decolagem. Tais melhorias contribuirão para a economia de 22,8 milhões de litros de combustível por ano e para a redução de emissões de mais de 68 mil toneladas de gás carbônico. A UPS estima uma economia de 4% de combustível em cada voo do novo 767.

“A UPS continua sendo líder no setor de práticas sustentáveis nos negócios”, afirma David Abney, diretor de operações da UPS. “Com o portfólio mais amplo da indústria, buscamos constantemente iniciativas que reduzam emissões e custos operacionais de modo que nossos clientes disponham das soluções que precisam para competirem em uma economia global. A implementação dos winglets é o exemplo perfeito de uma medida sustentável no setor, pois representam um bom negócio e uma boa conduta”.

Atualmente, a UPS opera 54 aeronaves 767 e aguarda a chegada de outras cinco, já encomendadas. A expectativa da companhia é ter winglets instalados em todas as aeronaves até o final de 2014. Os dispositivos já foram implementados em toda a frota de aeronaves 747 e MD-11, enquanto os modelos A300-600 receberam um dispositivo chamado de wingtip fence.

As mudanças adicionarão, aproximadamente, 1,6 m no comprimento de cada asa. O peso total da aeronave aumentará em cerca de 1.360 quilos devido ao peso dos winglets e à estrutura adicionada como reforço para a asa. Mesmo com toda essa dimensão e peso, as novas asas contribuirão para reduzir a quantidade de combustível usada por voo.

Os dispositivos melhoram a aerodinâmica das asas na medida em que aumenta o comprimento e reduz o volume de arrasto, que é a força de resistência responsável por colocar a aeronave em movimento no ar.

O projeto dos winglets é uma iniciativa sustentável implementada pela UPS Airlines. A companhia opera uma das frotas de carga mais novas e eficientes do setor no que se refere a combustível, e está trabalhando para reduzir a intensidade de carbono em 20% até 2020, com base nas emissões geradas em 2005. Outros destaques de esforços da companhia para a conservação de combustível incluem melhorias nas rotas de voo computadorizadas, gerenciamento do tempo de transporte e equipamento de apoio em terra para combustíveis alternativos.

“Acreditamos que sempre podemos melhorar e aplicamos essa premissa nos esforços para conservação do meio ambiente”, afirma Mitch Nichols, presidente da UPS Airlines. “Esse é um grande exemplo de como podemos usar a tecnologia disponível para economizar recursos, diminuir os impactos ao meio ambiente e atender nossos clientes com mais eficiência”.

Carga Aérea

More in Carga Aérea

Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Aviação Brasil (Redação)6 de maio de 2017

Viracopos é eleito o 2º melhor aeroporto de carga do mundo

Aviação Brasil (Redação)5 de abril de 2017

Qatar Airways Cargo em Guarulhos

Aviação Brasil (Redação)23 de novembro de 2016

Viracopos recebe carros e equipamentos da Fórmula 1 para o GP Brasil

Aviação Brasil (Redação)7 de novembro de 2016

Copyright © 2017 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806