Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão

Filed under Aeroportos, Aeroportos (Noticias), Sudeste

O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão-Antonio Carlos Jobim completou, em janeiro de 2011, 34 anos. Idealizado com um novo conceito de instalações aeroportuárias e de proteção ao voo, o aeroporto foi a solução encontrada para descongestionar o tráfego aéreo cada vez mais intenso nas pistas do antigo Aeroporto do Galeão e para corresponder ao desenvolvimento tecnológico das modernas aeronaves da aviação comercial em todo o mundo.

O Galeão representa uma das principais portas de entrada do Brasil e possui papel determinante nos negócios e turismo a nível nacional e internacional, trabalhando a serviço da economia do país e influenciando diretamente o seu desenvolvimento. Eventos de grande repercussão mundial como a ECO 92 e os Jogos Pan-americanos se tornaram realidade, com o suporte da infraestrutura aeroportuária do aeroporto. O Galeão é considerado pela maioria dos turistas que visitam o Brasil, um dos principais portais do país, segundo dados do EMBRATUR.

Localizado a apenas 20 quilômetros do Centro da Cidade do Rio de Janeiro, é servido por várias vias expressas, como a Linha Vermelha, a Linha Amarela e a Avenida Brasil, o que facilita os deslocamentos para os diversos pontos da Cidade, tanto na Zona Sul quanto na Zona Norte e Oeste. O sistema de transporte urbano oferece táxis e linhas especiais de ônibus, que ligam o Galeão a diversos destinos, inclusive ao outro aeroporto da cidade.

O complexo aeroportuário também conta com a maior pista de pouso e decolagem do Brasil, com 4.000m x 45m, assim como um dos maiores, mais modernos e bem equipados Terminais de Logística de Cargas do Continente.

O Galeão está ligado a mais de 32 localidades nacionais e 19 destinos internacionais. Possui dois sistemas de pistas com operações simultâneas de pousos e decolagens. São 167 balcões de check in, 35 esteiras de bagagens, 23 pontes de embarque e 23 posições remotas. Ao todo 20 empresas aéreas prestam serviços nos dois terminais, atendendo um movimento diário de 30 mil passageiros.

A Administração do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antonio Carlos Jobim entregou no dia (6/4/2010), mais uma etapa das obras de revitalização do Terminal de Passageiros 1, cumprindo o cronograma de obras da Infraero para o aeroporto. O novo Setor B – antigo Setor Azul – estará aberto aos passageiros para embarque doméstico, após conclusão das obras de modernização que iniciaram em janeiro de 2010 e custaram R$5,47 milhões.

O Setor B compreende uma área de 4 mil m² e contará com seis canais de inspeção de passageiros. As obras incluíram nova sinalização vertical, reforma dos banheiros, troca do forro e luminárias, instalação de granito nas colunas, 496 novos assentos, 12 alimentadores de energia (cada um com seis tomadas) distribuídos pelo salão, entre outras melhorias.

SETOR “A” ENTRA EM REFORMA

Também a partir desta terça-feira, o embarque doméstico do Setor A – antigo Setor Verde – entra em obras de reforma com término previsto para 30 de junho de 2010. As obras de revitalização do Terminal 1 e de conclusão do Terminal 2 tiveram início em 2008 e, após o término, cada terminal terá capacidade de processar até 10 milhões de passageiros ao ano.

Confira abaixo algumas obras realizadas:
–        Reforma e modernização do Sistema Informativo de Voo (nos dois terminais de passageiros): concluída em maio/09.
–       Polimento do piso de granito: concluído em junho/09.
–        Forro mineral (teto rebaixado): concluído em junho/09.
–        Troca do piso plurigoma (emborrachado preto): concluído em junho/09.
–        Troca do piso vinílico (“paviflex”): concluído em junho/09.
–        Substituição das paredes de fórmica: concluído em agosto/09.
–        Revestimento das colunas (pintadas de branco) por granito: concluído em setembro/09.
–        44 sanitários reformados: concluído em outubro/09.
–        Reforma do embarque do setor C: concluída em janeiro/10.
–        Testeiras internas e externas: concluída em janeiro/2010.

Algumas obras em andamento:
–        Recuperação das fachadas do terminal de passageiros 1: início em julho/2009 e término previsto para abril/2010.
–        Substituição de todos os 60 elevadores (dos dois terminais de passageiros e demais instalações do aeroporto): a troca dos oito primeiros elevadores iniciou em agosto/2009 entrando em operação em janeiro de 2010. A conclusão final de todos os 60 elevadores está prevista para agosto/2011.
–        Substituição do Forro por Forro Baffle (e luminárias): iniciada em setembro/09 e previsão de término para novembro/2010.
–        Reforma do antigo terminal de carga para terminal de exportação: início da obra em janeiro/10 e previsão de término para dezembro/10.
–        Reforma do embarque setor A: início em 06/abril/10 e término previsto para 30 de junho de 2010.
–        Aquisição de cinco esteiras de bagagem no desembarque internacional do terminal 1: previsto para 30 de agosto de 2010.

Há cerca de dois anos o Galeão passa por obras que  vão ampliar as instalações do aeroporto e modernizá-las, aumentando a capacidade operacional dos Terminais para o atendimento da demanda projetada para os próximos anos, incluindo o movimento gerado pela Copa do Mundo de 2014 e pelas Olimpíadas de 2016.

Atualmente, a Infraero está realizando as obras de finalização do Terminal 2, que compreendem a instalação de equipamentos e a execução dos acabamentos em cerca de 50% do prédio, com previsão de término para agosto de 2012. Também está sendo feita a revitalização e modernização do Terminal 1, onde vários serviços  já foram concluídos. É o caso dos três setores de embarque do Terminal 1, entregues entre janeiro e julho de 2010.

Para 2011, está programado o término da substituição de todos os 60 elevadores nos dois Terminais de Passageiros e demais instalações do aeroporto. Também serão concluídas melhorias como a aquisição de cinco esteiras de bagagem no desembarque internacional do Terminal 1. Outros serviços em execução são a adequação do sistema de pistas e pátios para operação do Airbus A380, a reforma do sistema de luzes de aproximação e a reforma do terminal de exportação do Terminal de Logística de Carga do Galeão.

O Aeroporto do Galeão está concluindo o serviço de engenharia de reforma e revitalização do sistema de luzes de aproximação (ALS) e flash da cabeceira 15. O ALS é um equipamento de apoio à navegação aérea, que auxilia o alinhamento das aeronaves com a pista. Nessa obra, além da construção de uma nova estrutura, está incluída a troca dos equipamentos por outros mais modernos.

A reforma está na fase da execução dos 44 blocos de sustentação das plataformas do ALS e da passarela de acesso aos equipamentos. As próximas etapas incluirão montagem da passarela metálica para acesso e manutenção; instalação dos novos equipamentos do sistema de luzes de aproximação e flash; e a homologação do sistema ALS pelo Comando da Aeronáutica.

A previsão é de que as obras sejam finalizadas no final de julho deste ano. Aproximadamente 50 pessoas trabalham na revitalização, incluindo mergulhadores que atuam no apoio da locação das fundações no mar. Ao todo, serão investidos R$ 17,85 milhões na obra, que faz parte do trabalho de modernização do Aeroporto Internacional do Galeão.

Sítio Aeroportuário
Área:     17.881.696,63 m²
Pátio das Aeronaves
Área:     712.895 m ² (pátio TPS1: 325.550 m² / pátio TPS2: 34.845 m² / pátio TPS5: 46.500m²)
Pista
Dimensões(m):     4.000 x 45 (10/28) e 3.180 x 47 (15/33)
Terminal de Passageiros
Capacidade/Ano:
Área(m²):     TPS-I: 147.834 e TPS-II: 132.847
Estacionamento
Capacidade:     2.742 vagas
Balcões de Check-in
Número:     167 Balcões
Estacionamento de Aeronaves
Nº de Posições:     35posições *as posições podem ser alteradas conforme o mix de aeronaves *

Av. 20 de Janeiro s/nº
Ilha do Governador
Rio de Janeiro – RJ
CEP:21941-570
PABX:(21) 3398-5050
FAX:(21) 3393-2288
Distância do Centro: 20 km

Fonte: Infraero (editado por Aviação Brasil)

Get our toolbar!