21 anos de operação do Esquadrão Gordo na Antártica

192

O Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT), Esquadrão Gordo, sediado na Base Aérea do Galeão (Rio de Janeiro), tem um papel fundamental na presença do Brasil na Antártica.

A movimentação de pessoal e o transporte de gêneros alimentícios e equipamentos científicos não são possíveis de serem realizados por meio de navio durante o ano inteiro porque o mar congelado no rigoroso inverno antártico inviabiliza esse tipo de operação.

Além disso, a velocidade, a operação em pistas curtas e a capacidade de carga das aeronaves C-130 Hércules do 1º/1º GT fazem com que esse Esquadrão seja a principal peça de apoio à operação da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF).

Entre 1982 e 1983, foi realizada a “Operação Antártica I”, iniciando-se, assim, as atividades de pesquisa do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR). O primeiro pouso da FAB em terras antárticas ocorreu no dia 23 de agosto de 1983.

Desde então, as asas da FAB não pararam mais de voar sobre aquele distante, desconhecido, desafiador e fascinante continente gelado.

FONTE: FAB – Fernando Valduga – Porto Alegre/RS