A Nova Fase do Projeto Rondon

140

Um grupo de 42 “rondonistas”, formado por estudantes e professores universitários, decolou no último sábado, 15 de janeiro, da Base Aérea de Brasília, com destino a Manaus (AM), na primeira missão da nova fase do Projeto Rondon.

Os “rondonistas” pertencem à Universidade de Brasília e à Universidade Católica de Brasília. Em Manaus, eles se juntaram a alunos de instituições de nível superior públicas e particulares do Amazonas, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

No total, foram 40 equipes, distribuídas por várias cidades na região amazônica, que realizaram ações de levantamento de dados com o propósito de identificar e analisar problemas e necessidades de comunidades selecionadas, com vistas a reunir subsídios e a formular linhas de ação que orientem o planejamento de operações mais amplas.

A denominação “Projeto Rondon” é uma homenagem ao Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, pioneiro na interiorização do Brasil e na preocupação em respeitar os valores das populações indígenas e tradicionais, componentes fundamentais da diversidade social que caracteriza o Brasil.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade