Abetar aprova Plano de Estímulo e Fomento do Transporte Aéreo Regional

154

A ideia do governo é criar condições para que as empresas aéreas consigam viabilizar a operação em destinos com baixa densidade de tráfego, onde há necessidade de integração, dificuldade de acesso ou limitação de uso de outro modal.

Participaram do encontro, o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (ABETAR), Apostole Lazaro Chryssafidis, o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Transporte Aéreo Regional, deputado federal, Vital do Rêgo Filho e convidados, que além de pequenos ajustes solicitaram ao diretor do DEPAC celeridade do governo na aprovação do projeto.

“Pedimos celeridade para conseguirmos que o projeto seja apresentado e aprovado ainda esse ano pelo Legislativo”, disse Lack.

O Ministério do Turismo foi representado por Duncan Sampler, e do Ministério da Fazenda, por Hébrida Verardo Fan.

Também estiveram presentes, a presidente do Fornatur (Fórum dos Dirigentes e Secretários Estaduais do Turismo) Nilde Brum, a secretária de Turismo do Mato Grosso do Sul, o coordenador da Comissão de Aviação do Fórum, Silvio Leite, secretário de Turismo do Piauí e o secretário de Turismo do Acre, Cassiano Marques de Oliveira.

PROFAA – A ocasião também foi oportuna para tratar de outros pleitos capitaneados pela ABETAR, como a necessidade de financiamento específico para o setor de transporte aéreo regional e investimentos na infraestrutura aeroportuária.

“É urgente a necessidade de investimentos na infraestrutura nos aeroportos secundários do país. Por isso, sugerimos aos Ministérios da Defesa e do Turismo que façam uma gestão compartilhada dos recursos do PROFAA (Programa Federal de Auxílio a Aeroportos)”, disse Chryssafidis.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP