Absa apresenta novidades na Intermodal South América

449

A ABSA Cargo Airline, empresa de carga aérea de bandeira brasileira, apresentará ao mercado, durante a edição 2008 da Intermodal South América, os planos de ampliação de sua frota e os novos serviços da companhia colocados à disposição de seus clientes, entre eles a rota para Valência, na Venezuela. Reconhecida como a maior feira de comércio exterior da América Latina, a Intermodal South América 2008 acontece entre os dias 15 a 17 de abril, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Norberto Jochmann, diretor-presidente da companhia, considera a Intermodal o mais completo evento no segmento de transporte e logística internacional.

“Naturalmente, aproveitamos a feira para aferir e atualizar nossos conhecimentos sobre o que de mais recente foi desenvolvido para nosso mercado de atuação e na área cada vez mais significativa da logística de transporte”, explica. Segundo Jochmann, a ABSA dá grande importância à sua participação na Intermodal porque naquele espaço é possível “manter e estreitar os relacionamentos comerciais com os principais clientes, num curto prazo de tempo, trocando idéias sobre o atual e o futuro cenários da carga área internacional no Brasil, dentro do contexto mais amplo de transporte em geral”, assinala.

O estande da empresa – Quem visitar a Intermodal 2008 conhecerá, em detalhes, as novidades que a ABSA Cargo Airline está oferecendo ao mercado. Uma delas é sua participação no Projeto Aeroportos Complementares, já em teste, que cria um corredor logístico visando integrar os três aeroportos administrados pela Infraero e sob jurisdição da Receita Federal em São Paulo – Viracopos, Cumbica e São José dos Campos – para reduzir o tempo de operação do embarque de cargas. “A iniciativa de interligação expressa entre os aeroportos prossegue por meio de provas e transferência de cargas”, explica o diretor Técnico e de Planejamento, Dario Matsuguma. De acordo com Matsuguma, a ABSA vem participando ativamente, com a Infraero e Receita Federal, liderando, como empresa aérea, as principais provas visando consolidar essas experiências em um mecanismo permanente, por meio de futura modificação da legislação aduaneira.

Os visitantes conhecerão, também, a nova oferta de horários de vôos adaptadas as atuais e reais necessidades do mercado e uma modalidade conhecida como “intercâmbio de aeronaves”, além de mais detalhes da nova rota para Valência, inaugurada em 18 de fevereiro e que amplia para 30% a oferta de vôos com capacidade para transportar 52 toneladas de carga a cada viagem. Sobre o “intercâmbio de aeronaves”, o diretor-presidente da ABSA Cargo Airline explica: “Pretendemos arrendar, ainda este ano, de forma temporária e por tempo determinado, um avião B767-300F, da LAN Cargo, do mesmo tipo utilizado hoje por nossa empresa. Isso viria aportar ao redor de 15% à nossa capacidade atual de transporte”, explica Jochmann, acrescentando que atualmente a companhia utiliza a capacidade total de suas duas aeronaves, o que limita seu crescimento.

Outra novidade é a participação da companhia no desenvolvimento de um sistema de controle técnico de frota e manutenção, em parceria com o Grupo LAN e a IBM. O objetivo principal desse projeto é desenvolver um sistema capaz de suportar e apoiar o crescimento de frota previsto para os próximos dez anos. A ABSA Cargo Airline, também participa, como empresa aérea brasileira, do Projeto e-freight, da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA). O projeto tem como objetivo eliminar toda a documentação de carga atualmente necessária ao transporte internacional, alinhando os processos e informações entre os embarcadores, transportadores, agentes de carga, autoridades aeroportuárias e aduaneiras, transformando-os em documentos digitais e totalmente integrados aos requisitos dos países envolvidos. De acordo com Dario Matsuguma, esse projeto trará benefícios em eficiência, redução de custos e proteção ao meio ambiente.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP