Ações da Embraer registram volatilidade na Bovespa

292

As ações da Embraer apresentam volatilidade na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), em meio a notícias negativas envolvendo uma de suas principais clientes, a norte-americana US Airways. Há pouco, o papel PN da fabricante brasileira de aeronaves (EMBR4) subia 1,32%, cotada a R$ 23,65, enquanto o ON (EMBR3) recuava 1,81%, para R$ 17,86.
Na sexta-feira, as ações da Embraer estiveram entre os destaques negativos da Bolsa, depois que o presidente da US Airways, Dave Siegel, ter admitido que a empresa pode deixar de honrar vencimentos com o governo dos Estados Unidos, no total de US$ 900 milhões.

Em comunicado enviado à Securities and Exchange Comission (SEC), a US alertou que vem enfrentando um aumento da competição em seus nichos de mercado e que estuda a implementação de estratégias alternativas de negócios. Isso fez com que a agência de classificação Standard & Poor’s reduzisse a rating da companhia.

A Embraer tem na carteira 85 pedidos de aeroanves da US Airways. A companhia brasileria evitou comentar o assunto. A corretora Fator Dória & Atherino emitiu um relatório em que aponta que o caso deve repercutir negativamente nas ações da empresa de São José dos Campos, embora tenha mantido recomendação de manter para as ações.

Os dois papéis da Embraer são os de pior desempenho na Bovespa em 2004: EMBR4 acumula queda de 5,79%, enquanto EMBR3 já caiu 7,85%.

FONTE: Aluisio Alves – InvestNews – Fernando Valduga – Porto Alegre/RS