Acordo entre TAP e Varig deve ser concluído em três semanas

111

A companhia aérea estatal portuguesa TAP negociará durante três semanas um acordo de entrada no capital da Varig, que permita superar os problemas financeiros da companhia brasileira.

O novo presidente da Varig, David Zylbersztjan, assinala na edição de hoje do Jornal de Negócios que esse é o período de negociação estabelecido pelas duas empresas, que deverá permitir a aquisição pela TAP de 20% – limite imposto pela legislação brasileira – da companhia aérea latino-americana.

O diretor explicou que deverá ser fechado um acordo com os credores da empresa, que tem uma dívida próxima a 2 bilhões de euros, e sobre a forma na qual a TAP entrará no capital da Varig.

“A Varig pode ser importante para a entrada na América Latina e a TAP uma porta de entrada para a Europa”, assinalou o executivo da companhia aérea brasileira. Zylbersztjan destacou também o interesse dos governos dos dois países para que as companhias fechem acordo.

A companhia aérea, fundada há 77 anos e ex-líder do mercado sul-americano, iniciou depois do agravamento de sua situação econômica um processo de busca de investidores internacionais, após a rejeição das autoridades brasileiras de utilizar fundos públicos para capitalizar a empresa.

A aproximação entre as duas empresas começou em novembro de 2004, quando a TAP e a Varig assinaram um acordo de código partilhado. Depois, a companhia aérea portuguesa passou a oferecer vôos às cidades brasileiras de Maceió, Belém, Brasília, Florianópolis, Curitiba e Porto Alegre.

FONTE: Agência EFE via Invertia – Agência EFE – São Paulo/SP

Publicidade