Aeroportos estão pontos para atender demanda no final de ano

212

A expectativa é de que haja um crescimento em torno de 8% no chamado “período de festas”, que abrange Natal e Ano-Novo. Para minimizar possíveis problemas e garantir a normalidade do funcionamento dos terminais, está sendo implantada a “Operação Feliz 2009”, que será executada juntamente com os demais órgãos que administram o setor aéreo nacional. Nos aeroportos administrados pela Infraero, que inclui alguns dos maiores terminais do Brasil, circulam cerca de110 milhões passageiros por ano, com duas mil decolagens/dia.

Os núcleos de Acompanhamento e Gestão Operacional (Nagôs) já estão instalados nos principais aeroportos da rede Infraero, como Galeão, Congonhas, Guarulhos e Brasília. Funcionários serão posicionados para receber relatórios constantes sobre todo o funcionamento do sítio aeroportuário, estacionamentos, balcões de check-ins, saguões e salas de embarque. Também serão monitorados os pátios. Em caso de qualquer anormalidade, a informação será repassada imediatamente aos núcleos, para que providências sejam tomadas. A gestão deste processo ficará a cargo do diretor de Operações da Infraero, tenente-brigadeiro do ar Cleonilson Nicácio Silva. Segundo ele, os passageiros vão poder viajar com tranqüilidade, “como ocorreu no final do ano passado e durante todo este ano”.

Mais conforto para o passageiro – Durante 2008, a Infraero não só deu continuidade às operações iniciadas em dezembro de 2007 para garantir o trânsito dos passageiros, como realizou outros investimentos para melhorar ainda mais a segurança e o conforto para os passageiros no período de alta estação. Entre estes investimentos está a compra de 95 aparelhos de raio-X, maior agilidade no atendimento aos passageiros; de 121 novos ônibus, para garantir o aumento de capacidade de passageiros em 32 aeroportos.

Além disso, 52 aeroportos foram “testados” ao longo deste ano. Os terminais passaram por intensas vistorias técnicas para correções de possíveis problemas. Equipes da Diretoria de Operações percorreram o mesmo caminho dos passageiros, checaram equipamentos e avaliaram gargalos. Todos os aeroportos receberam um Plano de Ação para correção de eventuais problemas detectados nas diversas áreas, a fim de garantir o bem-estar dos usuários.

A estatal também contratou este ano cerca de mil novos funcionários, que já estão atuando nas áreas identificadas como mais necessitadas de reforço. A Infraero disponibilizou em seu site um novo parâmetro para atrasos de vôos – 30 minutos passou a ser a referência – e implantou um novo sistema de gerenciamento de faturamento de estacionamentos em mais quatro aeroportos, permitindo maior arrecadação. Atualmente 17 aeroportos já usam esse sistema em seus estacionamentos.

Informações mais ágeis – A empresa está oferecendo aos passageiros informações mais atualizadas, graças ao uso do Sistema de Soluções Operacionais (Siso), já implantado em oito aeroportos – e que deverá ser instalado nos demais até o final de dezembro. O sistema, ligado a um banco de dados com informações de vôo, possui novos monitores LCD de até 52 polegadas. No instante da decolagem de um vôo em um aeroporto, por exemplo, é enviada automaticamente – do aeroporto de destino – uma mensagem para o Siso, informando a hora da decolagem, previsão de chegada e o prefixo da aeronave, facilitando o planejamento e a exibição de informações no aeroporto de destino.

Usuários e passageiros de 12 aeroportos também poderão contar, a partir de dezembro, com acesso gratuito à internet em todas as áreas, inclusive salas de embarque. Inicialmente, a implantação de rede wireless atenderá à demanda em Guarulhos (SP), Galeão (RJ), Brasília (DF), Confins (MG), Santos Dumont (RJ), Congonhas (SP), Salvador (BA), Recife (PE), Porto Alegre (RS), Manaus (AM), Curitiba (PR) e Belém (PA).

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP