Air France anuncia forte operação no verão europeu

176

Graças às vantagens decorrentes da criação do Grupo Air France-KLM, a programação da companhia para o verão europeu em 2005 foi significativamente expandida. A oferta aumentará 4,6% em toda a rede – 5,9% nas rotas de longo percurso. Essa programação se articula em torno de quatro frentes estratégicas:

As redes combinadas da Air France e da KLM oferecem mais destinos, vôos, horários e preços atrativos:
As redes combinadas das duas companhias formam um serviço amplo e regular de 15 vôos diários entre Paris-CDG e Amsterdã-Schipol, nos dois sentidos, criando o primeiro sistema de multi-hubs da Europa;
Os inúmeros vôos entre cidades do interior da França como Lyon, Bordeaux, Marselha, Nice e Toulouse para Amsterdã permitem a essas regiões acesso total à rede da KLM, complementando a já grande oferta da Air France;
Para que os passageiros da Air France e da KLM possam se beneficiar mais facilmente de todas as vantagens de suas redes combinadas, uma organização nova e eficiente foi implementada:
• Tarifas combináveis, que possibilitam a viagem de ida por Paris e a de volta por Amsterdã (ou vice-versa), oferecendo mais opções de horários e tarifas mais baixas;

• Um novo programa de milhagens unificado, que substituirá os atuais Fréquence Plus, da Air France, e o Flying Dutchman, da KLM. Seu nome será brevemente anunciado.

Os acordos de code-share entre Air France e KLM para uma série de vôos de longa distância como Aruba, Abu Dhabi, Bahrain, Bonaire, Jakarta, Curaçao, Guayaquil, Kuala Lumpur, Lima, Manila, Quito, etc, via Amsterdã já estão disponíveis, bem como para cerca de 15 destinos na Europa;
A fusão entre as duas companhias também gerou várias sinergias, expandindo a presença comercial do Grupo, melhorando a qualidade dos produtos e racionalizando os recursos utilizados.

Foco nos mercados com forte crescimento
Na América Latina, onde a oferta vai aumentar 29%, a Air France vai servir todos os destinos pelo menos uma vez ao dia:
• De e para a Cidade do México, a Air France introduzirá um segundo vôo quatro vezes por semana com B747-400;

• Caracas passará a ser servida diariamente, com B747-400;

• O Rio de Janeiro continuará operando com B747-400, que voltou a esta rota no ano passado;

• Bogotá passará a ter mais dois vôos para Paris, totalizando sete vôos por semana.

A Air France aumenta sua freqüências para a Ásia, oferecendo 128 vôos ida e volta por semana, em particular:
• Um segundo vôo diário para Pequim;

• Vôo diário adicional para Bombaim e novo vôo diário para Madras em code-share com a Delta, aumentando a oferta para a Índia;

• Três vôos diários entre Paris e Tóquio;

• Um acordo de code-share com a JAL permitirá vôos diários para Osaka e Nagoya;

• A continuação do code-share com a Qantas para o trecho entre Singapura e Austrália.

Aumento das operações no Leste Europeu, com três novos destinos:
• Belgrado, diariamente;

• Liubliana, com dois vôos por dia;

• Zagreb, com dois vôos por dia (um operado pela Croatia Airlines);

• Bucareste passará a ter cinco vôos diários (dois deles operados pela Tarom);

• Moscou passará a ser servida por oito vôos diários em conjunto com a Aeroflot.

A Air France está ampliando o seu programa para clientes das indústrias de petróleo e gás, o DEDICATE, especialmente para Port-Harcourt e Luanda. Hoje, o programa DEDICATE, exclusivo da Air France, oferece 16 vôos por semana para a África e o Oriente Médio:
Um vôo a mais para Port-Harcourt será introduzido, totalizando quatro vôos por semana;
Vôos para Luanda foram melhorados, com a entrada do B777-300 na rota;
A Air France está iniciando mais dois vôos por semana para Pointe-Noire, totalizando cinco vôos por semana com o A319 do programa DEDICATE;
Riad passará a ser servida quatro vezes por semana, com A319.

Graças à SkyTeam e apesar da feroz concorrência, a Air France está aumentando em 10% sua oferta para a América do Norte:
A partir de 13 de junho, Detroit, o principal hub da Northwest, será servida por um vôo diário da Air France, em A330;
A partir de 9 de maio, Paris e Washington serão servidas por um terceiro vôo diário;
Desde 26 de fevereiro, 21 novos destinos nos Estados Unidos estão sendo oferecidos pela Air France a partir de Paris via Houston ou Newark, com a Continental. Assim, são 125 cidades norte-americanas servidas pela Air France, seja com equipamento próprio, seja em code-share com Delta e Continental.

Outras novidades do programa de verão europeu 2005 da Air France:

• A cooperação com a Air Europa foi reforçada, com vôos para Sevilha, Alicante, Palma, Valência e Vigo, além 14 vôos entre Paris e Madri;

• Istambul passa a receber um terceiro vôo diário;

• Marrakesh passa a ter nove vôos por semana e Casablanca e Tunis passarão a ter cinco vôos diários;

• Desde janeiro de 2005, graças a uma parceria com a companhia aérea austríaca Styrian Spirit, Salzburgo tem dois vôos diários;

• Nas rotas de longa distância, a oferta para Antananarivo e Teerã aumentará para cinco vôos por semana e para Dubai para dois vôos diários. Na África, a Air France aumentará a freqüência de vôos para Lomé, Cotonou, Nouakchott e Conakry.

• Nas rotas domésticas, Estrasburgo passará a ter quatro vôos diários ao invés de cinco a partir de Paris-CDG devido ao início da operação do TGV (trem de grande velocidade) entre essas duas cidades e um terceiro vôo diário entre Nice e Nantes será introduzido.

FONTE: Aviação Brasil / Air France – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade