Airbus assina joint venture para construção de Centro de Manufatura na China

187

Os parceiros são a Harbin Aircraft Industry Group Company Limited (HAIG), a Hafei Aviation Industry Company Limited (HAI), a Avichina Industry & Technology Company Limited (AVICHINA) e a Harbin Development Zone Heli Infrastructure Development Company Limited (HELI).

O contrato foi assinado por Laurence Barron, Presidente da Airbus China, e Pang Jian, Presidente do Conselho Administrativo da HAIG e da HAI em Madri, Espanha, na presença do Primeiro Ministro chinês, Wen Jiabao, e do Primeiro Ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero.

A Harbin Hafei Airbus Composite Manufacturing Centre Company Limited (o Centro de Manufatura) será inaugurada em 2009. A HAIG tem participação de 50%, a Airbus China 20% e a HAI, a AVICHINA e a HELI tem, cada uma, 10% de participação. O início da produção está programado para setembro de 2009 e uma nova fábrica deverá estar pronta para iniciar suas operações no final de 2010.

O Centro de Manufatura produzirá os principais componentes da A350 XWB, cumprindo a meta da Airbus de fabricar 5% do corpo da A350 XWB na China. Esses componentes serão fabricados usando a mais moderna tecnologia de fabricação com materiais compostos baseada nos padrões e processos da Airbus.

“A assinatura dessa joint venture é um marco importante na história do relacionamento entre a HAIG/HAI e a Airbus”, disse Pan Jian. “Como parceiras, a HAIG/HAI e a Airbus compartilharão todos os riscos, todos os lucros e enfrentarão juntas os desafios do desaquecimento econômico mundial. O contrato é uma resposta conjunta da Airbus e suas parceiras chinesas a esses desafios e representa nossa confiança no crescimento econômico da China e no desenvolvimento do setor de aviação chinês juntamente com a Airbus. Planejamos promover e expandir nossa parceria estratégica ainda mais”, completou o executivo.

“Esse projeto demonstra mais uma vez o forte compromisso da Airbus com o desenvolvimento sustentável da aviação chinesa”, disse Laurence Barron, Presidente da Airbus China. “A joint venture realça ainda mais nossa parceria com a Hafei, uma vez que a empresa é uma das fundadoras do Centro de Engenharia da Airbus em Pequim. Estamos muito confiantes nos resultados que atingiremos ao lado das nossas parceiras chinesas em Harbin”, completou.

A Airbus está empenhada em formar uma parceria estratégica e duradoura com a China. Estima-se que o valor total do programa de cooperação industrial entre a fabricante e o setor de aviação chinês ficará em torno de US$ 200 milhões por ano em 2010 e US$450 milhões anuais em 2015.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade