Airbus assume a MTAD, divisão de aeronaves militares

97

A integração e o primeiro dia de operação da nova unidade foram comemorados dia 02 de abril em Sevilha, Espanha, onde está sediada.

A Airbus Military é responsável por todas as aeronaves de transporte militar da EADS, incluindo as menores CN-235 e CN-295 e o avião tanque MRTT, além da A400M, que estará diretamente sob o comando de Domingo Uerã, o novo responsável pela Airbus Military A nova unidade também possui versões militares de aviões civis e continuará fornecendo assistência e serviços a clientes e companhias aéreas.

O escopo das atividades da empresa inclui o desenvolvimento, integração, fabricação, marketing e vendas de aeronaves e sistemas militares específicos, e esta terá responsabilidade sobre lucros e perdas e autonomia administrativa.

A integração tornará a organização e a gestão de programas militares mais eficientes porque serão implantadas linhas de comando simples e unificadas. A melhor alocação de recursos industriais e de engenharia será um dos mais importantes benefícios da integração. As sinergias operacionais nos níveis de desenvolvimento e industrial para aeronaves de transporte civil e militar serão totalmente exploradas, de modo a salvaguardar e alavancar as capacidades específicas da Airbus Military.

“Construir aeronaves civis e militares numa única localidade ajudará a Airbus a realizar sua visão para 2020, que é ter um dos melhores desempenhos do mercado. A integração fortalece nossos negócios no setor militar, oferecendo as habilidades e as estruturas certas para atender os futuros desafios do programa, principalmente aqueles relacionados à aeronave A400M,” afirmou o presidente e CEO da Airbus, Tom Enders. “A família Airbus dá as boas vindas aos nossos novos colegas, que trazem na bagagem um conhecimento único da área militar”.

Domingo Ureña, diretor da Airbus Military, demonstrou estar totalmente comprometido com a tarefa de colocar o programa A400M de volta nos trilhos. ”Devido as suas funções exclusivas, a aeronave estabelecerá padrões na área de transporte militar do século 21 e será um sucesso. Também tenho certeza de que, com a contribuição, competência, compromisso e dedicação de todas as equipes e a incrível gama de produtos que oferecemos, levaremos a nova divisão ao mesmo nível ocupado pela Airbus no cenário mundial.”

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP