Airbus recebe homologação da FAA e EASA para o A380

240

O maior avião comercial do mundo, o A380 para 555 passageiros, recebeu a certificação de tipo conjunta da European Aviation Safety Agency (EASA) e da Federal Aviation Administration (FAA) dos EUA no dia 12 de dezembro de 2006. A certificação cobre as aeronaves dotadas de turbinas Rolls-Royce Trent 900.

A certificação de tipo da EASA foi assinada por Patrick Goudou diretor executivo daquela agência, e a da FAA por John Hickey chefe de certificação da agência americana. Os documentos foram entregues a Alain Garcia, vice-presidente executivo de Engenharia da Airbus. A cerimônia, realizada nas instalações da Airbus em Toulouse, contou com a presença de Marion Blakey, administrador da FAA, e de importantes autoridades de aviação civil de diferentes países.

“Este duplo selo de aprovação representa um marco fundamental para o programa A380. Ele reconhece a qualidade dos trabalhos efetuados por todos aqueles que lutaram duramente por anos a fio no desenvolvimento deste soberbo avião de tecnologia avançada. Agradeço a todos eles, incluindo as equipes da EASA e da FAA, por esta extraordinária realização”, disse Louis Gallois presidente e principal executivo da Airbus. “Acima de tudo, a certificação oferece uma clara evidência da excelência técnica do A380, e confirma que o avião está atendendo ou excedendo as expectativas em termos de desempenho, alcance, convívio com o meio ambiente e conforto. Tanto nossos clientes como os passageiros vão gostar muito desse avião”.

A homologação dada por dois órgãos governamentais especializados veio após o A380 completar com sucesso um programa severo de testes que levou a estrutura e os sistemas muito além dos limites estipulados pelo projeto, para assegurar que a aeronave atende, ou até excede, todos os critérios necessários para sua certificação. O A380 foi o primeiro avião ao qual foram aplicados os novos padrões de certificação do século 21.

A campanha de testes em vôo revelou ainda que o avião alcançou o desempenho previsto tanto em consumo de combustível como de alcance. O baixo consumo unitário contribui para a redução dos custos de operação e produzirá poucas emissões de gases. Como um campeão de medidas ambientais, o A380 é mais silencioso que qualquer outro avião, atendendo às restritivas normas sobre ruídos do aeroporto de Heathrow, em Londres. O A380 tem ainda a cabine de passageiros mais silenciosa hoje existente e oferece viagens tranqüilas. Todos os pilotos que voaram o avião elogiaram suas notáveis qualidades de maneabilidade.

Cinco aeronaves estiveram envolvidas no intenso programa de testes, quatro delas com turbinas Rolls-Royce Trent 900 e uma dotada de turbinas Engine Alliance GP7200. Os aviões já acumularam 2.600 horas em 800 vôos, durante os quais 80 pilotos neles voaram. Durante a campanha de testes, o A380 recebeu as boas-vindas de 80 aeroportos de todo o mundo, provando sua facilidade para ser aceito e ser compatível com as instalações aeroportuárias.

O A380-800 foi projetado para transportar 555 passageiros em configuração com 3 classes a uma distância de 15.000 km. A Airbus recebeu até hoje 166 encomendas e compromissos de 15 clientes para o A380, e o primeiro exemplar deverá ser entregue à Singapore Airlines em outubro de 2007.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP