Alitalia admite fusão para fugir da crise

987

O administrador-geral da companhia aérea italiana Alitalia,
Francesco Mengozzi, declarou que a integração com outras
transportadoras, eventualmente em um processo de fusão, é uma das
condições necessárias para assegurar a sobrevivência e o crescimento
do grupo.

Durante uma assembléia geral da companhia, na última semana, Mengozzi
salientou a “necessidade de aumentar a eficácia, tornar a estrutura
de custos mais flexível e integrar-se com outras companhias”. O
administrador-geral da Alitalia continua defendendo que a
privatização é inevitável.

A Alitalia divulgou na última quarta-feira os resultados do primeiro
trimestre, muito negativos, e com prejuízos antes de impostos de 198
milhões de euros. A companhia aérea italiana também anunciou que os
resultados provavelmente continuarão negativos no exercício de 2003.

FONTE: Aviação Brasil – Fernando Valduga – Bento Gonçalves/RS