Assembléia avalia plano de recuperação da Varig

110

Os credores da Varig fazem nesta quinta-feira (23) uma assembléia para votar alterações ao plano de reestruturação da companhia, que foram delineadas na última quarta-feira durante reunião com a ASM Asset Management – gestora de recursos contratada pela Varig para elaborar o projeto.

Segundo o diretor da ASM, Antonio Luiz de Mello e Souza, entre algumas das modificações que foram traçadas na reunião está a realização de uma assembléia de nomeação no dia 13 de março para escolher o gestor do Fundo de Investimentos em Participações – controle (FIP-controle), que é a principal estrutura de capitalização e reorganização societária da Varig no plano de reestruturação.

O executivo explica que, inicialmente, será nomeado apenas um gestor para o FIP controle. Ele permanecerá no cargo até essa estrutura captar R$ 750 milhões. Após essa etapa, será nomeado por meio de votação um comitê gestor composto pelo principal administrador mais quatro integrantes.

Também foi estabelecido que a Fundação Ruben Berta, acionista majoritária da Varig com 87% do capital da companhia, será a primeira a converter integralmente suas ações em cotas no FIP controle. A fundação poderá disputar uma vaga no comitê gestor mas terá direitos políticos reduzidos.

Os sindicalistas do setor aéreo que estão presentes à assembléia deverão se abster de votar, revelou um sindicalista que pediu para não ser identificado.

O fundo de pensão Aerus, maior credor privado da Varig, votará a favor das alterações propostas para o plano de reestruturação da companhia. A informação é do presidente do Aerus, Odilon Junqueira.

Segundo ele, no dia 13 de março, quando será realizada uma assembléia para nomear o administrador FIP-controle, em torno de 20 bancos são candidatos a ocupar esse cargo. São bancos de investimento de primeira linha listados na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e que estão habilitados a gerir o FIP-Controle.

Junqueira também revelou que paralelo à contratação do banco que vai administrar o FIP-controle também será escolhida uma consultoria para assumir a reestruturação da Varig. Entre algumas das consultorias candidatas está a Alvarez Marçal, a Íntegra e a Galeazzi. “De fato, teremos uma nova Varig com uma gestão moderna a partir de 13 de março”, afirmou.

FONTE: Agência Estado – Alberto Komatsu – São Paulo/SP