BNDES aprova financiamento para a Trip Linhas Aéreas

166

Os jatos, com capacidade para 86 passageiros, estão em fase de liberação na fábrica da Embraer em São José dos Campos. Essas aeronaves irão operar em novas rotas no mercado doméstico regional, sobretudo nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O projeto das quatro aeronaves permitirá o aumento do número de cidades atendidas de 68 para 81 destinos até o final de 2009, beneficiando municípios até então não atendidos pelo transporte aéreo. “A incorporação dos novos jatos à frota da TRIP contribuirá fortemente para o aumento da nossa capacidade produtiva, inclusive com novas operações no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro”, afirma José Mario Caprioli, presidente da TRIP Linhas Aéreas.

Líder em aviação regional no país com aproximadamente 75% desse mercado, a TRIP pretende, ainda, ampliar a freqüência de vôos para os destinos onde opera hoje e incrementar sua atual frota de 22 turboélices (de 50 a 70 lugares) para um total de 29 aeronaves até o final de 2009. Três dos novos jatos Embraer serão entregues em junho, e a quarta aeronave chega no mês de novembro. Estão previstas ainda cinco novos aviões ATR turboélices, além de outro jato da Embraer.

A aviação regional é o que mais se desenvolve no País. A taxa de crescimento anual da TRIP é de 70%, superior à média de 11% do crescimento do mercado aéreo brasileiro, entre 2003 e 2008. “Com amplo potencial de crescimento, a expectativa é que essas novas rotas proporcionem um aumento significativo para o setor de aviação regional. Há ainda muitas regiões no Brasil para serem exploradas por esse mercado”, conclui Caprioli.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP