BR Central – Brasil Central (Brasil)

1698

Empresa: BR Central – Brasil Central (Brasil)

Descrição: A Brasil Central Linha Aérea Regional S/A foi criada em 01 de Agosto de 1986, substituindo a Votec. Passou então a operar na região Centro-Sul, adquirindo linhas, frotas e pessoal. Foi uma negociação com a participação da Táxi Aéreo Marília, na época, acionista majoritário da Tam Regional. Sua frota era composta de 3 Fokker 27 e 8 Embraer 110 Bandeirante com 56% de aproveitamento.

Em 1987 a BR Central construiu um hangar em Belém do Pará e transportou 197.700 passageiros. Em 1988 a BR Central recebia mais 3 Bandeirante e tinha queda de passageiros transportados, agora com 178.400 embarcados. Em 1989 a empresa passou a atender as cidades de Gurupi, Balsas e Miracema. Os Fokker 27 atendiam as rotas de Curitiba – Congonhas – BH Pampulha – RJ Santos Dumont, além de Congonhas – Uberaba – Uberlândia e Carajás – Tucuruí – Belém. Naquele ano transportou 258.758 passageiros com 59% de aproveitamento e passou a operar quatro Cessna Caravan para cobrir os vôos da Rede Postal Noturna, no norte do país.

Em 1991 sua frota era de 2 Fokker 27, 10 Bandeirantes e 10 Cessna Caravan. A Brasil Central foi a primeira empresa a utilizar os Caravans no Brasil. Transportou 267.886 passageiros com 43% de aproveitamento.

Em 1992 a BR Central começou a substituir seus EMB-110 por Cessna Caravan I. Transportou 178.388 passageiros com 42% de aproveitamento em suas aeronaves.

Em 1993 a companhia estava voando 11 Cessna 208 Caravan, 12 Cessna 208 Grand Caravan e 2 Fokker 27 tendo transportado 144.895 passageiros com 35% de aproveitamento.

Em 1994 a frota era composta de 16 Caravan I, 6 Caravan II e 1 Fokker 27 tendo transportado 182.643 passageiros com 32% de aproveitamento.

Em 1995 operou diversas linhas de pequeno curso no sul do país e transportou 423.328 passageiros com 59% de aproveitamento.

Em 1996 a BR Central operava 35 Caravans. Porém, em 12 de Dezembro de 1996, um vôo no Fokker 100 da TAM ligando Congonhas a Joinvile e Porto Alegre transformava a BR Central em TAM Transportes Aéreos Meridionais e a transformaria na 4ª companhia nacional de bandeira, juntando-se a Varig, Vasp e Transbrasil. Todos os 35 Caravans da BR Central foram repassados para a Helisul, comprada pela TAM em 1º de Julho de 1996. Assim terminava a imagem verde, amarela e branca das aeronaves da Brasil Central nos céus brasileiros, transportando naquele, que foi seu último ano, 401.846 passageiros.

Website:

Fundação: 01/08/1986 – 01/07/1996

Controle:

Participação:

Alimentadora:

Codeshare:

Frota atual:

Palavra-chave: Brasil Central

Cidades:

Ano fiscal:

Reservas:

Publicidade