Boeing 747-8 Cargueiro completa com sucesso seu primeiro voo

212

Comandado pelo piloto-chefe do programa 747, Mark Feuerstein, e pelo capitão Tom Imrich, o novo membro da família 747 decolou às 18h39 (horário de Brasília), do Campo Paine, e aterrissou no mesmo local às 22h18.

“Foi um verdadeiro privilégio estar no comando deste grande avião em seu primeiro voo, representando os milhares de colegas que tornaram isto possível”, disse Feuerstein. “O avião teve o desempenho esperado e nós o pilotamos do mesmo modo do 747-400”, acrescentou.

O voo de ontem foi o primeiro das mais de 1.600 horas de voo do programa de testes do novo membro da família de cargueiros da Boeing. O avião seguiu a rota sobre o lado Oeste de Washington, onde foram conduzidos testes básicos para a compreensão do desempenho dos motores. O avião alcançou a altitude de cruzeiro de 17.000 pés (5.181 m), a uma velocidade superior a 230 nós, quase 264 milhas (426 km) por hora.

Utilizando quatro motores General Electric GEnx-2B, o 747-8 Cargueiro terá seu programa de testes conduzido em Lago Moisés, em Washington, e em Palmdale, na Califórnia, onde, no mês que vem, outros dois aviões de testes se juntarão a ele.

“Este é realmente um grande dia para a Boeing Company e para o Programa 747”, disse Mo Yahyavi, diretor geral do Programa 747 e vice-presidente da Boeing Commercial Airplanes. “É o resultado de muito trabalho duro e dedicação de nossos funcionários, fornecedores e clientes. Mesmo ainda tendo muito o que fazer, estou muito animado pelo início do programa de testes, o que demonstrará as capacidades deste avião”, explica o executivo.

O 747-8 Cargueiro é o mais novo 747 e dará maior capacidade aos operadores de carga, os menores custos operacionais e mais economia do que qualquer outro cargueiro. O avião tem 76,3 m de comprimento, 5,6 m a mais do que o 747-400 Cargueiro. Esta extensão permite aos clientes transportar 16% mais receita por volume de carga, se comparado com o seu antecessor. Isto é traduzido em quarto pellets a mais no deque superior e três outros no inferior.

“O 747-8 Cargueiro continua na liderança da família de cargueiros 747, os quais são os responsáveis pelo transporte de mais da metade da carga aérea mundial, tornado este avião o modelo-padrão para a indústria de carga aérea mundial”, acrescenta Yahyavi.

A Boeing lançou o Boeing 747-8 Cargueiro em 14 de novembro de 2005, com 18 pedidos firmes: dez da Cargolux, de Luxemburgo, e oito da Nippon Cargo Airlines, do Japão. Dito isto, a Boeing já conta com 108 pedidos para o 747-8, dos quais 76 são para a nova versão cargueira. Cargolux, Nippon Cargo Airlines, AirBridgeCargo Airlines, Atlas Air, Cathay Pacific, Dubai Aerospace Enterprise, Emirates SkyCargo, Guggenheim e Korean Air tem encomendas do 747-8 Cargueiro.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP