Boeing 777-200LR Worldliner chega ao México

256

O Boeing 777-200LR Worldliner – o avião comercial com a maior autonomia de vôo do mundo – chegou à Cidade do México, dando prosseguimento à turnê mundial começada há um mês. A aeronave já visitou mais de 20 cidades no Oriente Médio, na Ásia, na Europa e na Austrália e chegou hoje à capital do México, única cidade na América Latina a receber a visita do novo avião.

Representantes de companhias aéreas e convidados especiais da indústria aeronáutica mexicana tiveram a oportunidade de constatar o conforto, a capacidade e a eficiência deste novo avião, que foi exibido na base de manutenção da companhia aérea Aeromexico. O evento contou com a presença de John Wojick, vice-presidente de Vendas para a América Latina e Caribe da Boeing Commercial Airplanes, que falou sobre as vantagens e benefícios da aeronave para as linhas aéreas e os passageiros, assim como da família de aviões 777. Carlos Bonilla, diretor de Comunicação Corporativa e Relações Públicas da Aeromexico, falou sobre a incorporação de dois aviões Boeing 777-200ER, um outro membro da família 777 muito similar ao apresentado hoje, na frota da Aeromexico em 2006.

Cada seção da cabine do 777-200LR Worldliner possui características inovadoras que reafirmam a reputação do 777 como o avião mais confortável e o preferido pelos passageiros. A aeronave permite visualizar a nova oferta de interiores e a disposição da cabine do 777, que possibilita às companhias aéreas diferenciar os seus produtos para os seus passageiros.

O 777-200LR, capaz de conectar qualquer par de cidades no mundo sem escalas, é o quarto modelo de 777. Em serviço, pode transportar 301 passageiros por até 17.445 quilômetros.

O cliente de lançamento, Pakistan International Airlines (PIA), receberá o primeiro 777-200LR Worldliner em janeiro. Até agora, quatro operadoras confirmaram compromissos de compra de aviões 777-200LR – PIA: EVA Airways, Air Canada e Air India. Pedidos e compromissos de compra de aeronaves 777-200LR triplicaram desde o seu lançamento, em fevereiro.

Em breve, o Worldliner tentará estabelecer um novo recorde mundial de distância sem escalas por um avião comercial. O atual recorde – de 20.044 quilômetros – foi batido em 1997 pelo Boeing 777-200ER (Extended Range).

FONTE: Aviação Brasil / Boeing – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade