Boeing Integra Companhia Espanhola Gamesa à Equipe de Design do 747 Large Cargo Freighter

179

A Boeing escolheu a empresa espanhola Gamesa Aeronáutica para participar da equipe de design da estrutura do 747 Large Cargo Freighter. O cargueiro, um 747-400 para passageiros, foi especialmente modificado para transportar as seções maiores do novo Boeing 787 Dreamliner.

O contrato foi assinado em Madri, durante uma cerimônia que contou com a presença do presidente e CEO da The Boeing Company, Harry Stonecipher, e o chairman da Gamesa, Alfonso Basagoiti.

A Gamesa é a primeira fornecedora espanhola a dar suporte ao programa 787 Dreamliner. Junto com a Boeing, a empresa trabalhará na engenharia e no desenvolvimento da chamada “swing zone”, a seção traseira da fuselagem do Large Cargo Freighter que se abre para permitir a carga e a descarga das grandes estruturas compostas do 787, como fuselagem e componentes de asas.

“A escolha da Gamesa para este importante programa de apoio ao Boeing 787 estreita os nossos relacionamentos com as indústrias espanhola e européia”, declarou Stonecipher.

Alfonso Basagoiti, chairman da Gamesa, disse: “Estamos muito satisfeitos em participar deste grande projeto da Boeing. Este acordo confirma a capacidade da Gamesa e o seu potencial tecnológico. Ele também reflete o espírito de colaboração entre empresas européias e americanas em projetos complexos”.

Serão necessários dois Large Cargo Freighters para dar suporte à produção inicial do 787. Ambos foram comprados pela Boeing no ano passado. A Boeing continua procurando um terceiro avião, que entrará em serviço mais tarde. Em outubro de 2003, a Boeing decidiu usar primariamente o transporte aéreo para trazer as maiores seções do 787 dos fornecedores no mundo todo até a fábrica da Boeing, em Everett, Washington, onde será feita a montagem final. O diâmetro expandido do Large Cargo Freighter acomodará 300% mais carga sobre o deck principal que o maior cargueiro hoje em serviço, o 747-400. A certificação do Large Cargo Freighter deve ocorrer em 2006.

A família 787 de jatos médios oferecerá economia de combustível para as companhias aéreas e conforto para os passageiros. Ela entrará em serviço em 2008. A Boeing já recebeu 191 pedidos firmes e compromissos para o 787 de 15 companhias aéreas.

A Gamesa é uma corporação dedicada ao design, à fabricação e ao fornecimento de produtos avançados, de instalações e de serviços nos setores aeroespacial e de energia renovável. As suas atividades aeroespaciais são focadas no design, no desenvolvimento e na produção de grandes partes estruturais ou peças completas de aviões, assim como na fabricação de componentes metálicos e de materiais compostos.

FONTE: Aviação Brasil / Boeing – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP